Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Newcastle arranca empate com o Chelsea nos acréscimos

Vice-líder ainda tenta garantir vaga na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa

Gazeta |

Getty
Alex cabeceia para marcar o segundo gol do Chelsea: empate em 2 a 2 é importante para garatir vaga direta na Liga
Sem chances de título, conquistado neste sábado pelo Manchester United, o Chelsea enfrentou uma difícil partida contra o Newcastle. Apesar de abrir placar logo aos dois minutos e contar com um gol do zagueiro brasileiro Alex - que foi titular no lugar de David Luiz - o time deixou escapar a vitória nos minutos finais, empatando por 2 a 2.

Apesar de não vencer, o resultado é importante para o Chelsea, pois praticamente garantiu sua vaga na fase de grupos da Copa dos Campeões da Europa, já que pode ser alcançado em pontos pelo Manchester City, quarto colocado, mas dificilmente os verá reverterem a vantagem no saldo de gols.

O jogo

Jogando em casa, o Chelsea não demorou para abrir o placar. sem demonstrar qualquer dificuldade, o time chegou ao primeiro gol aos dois minutos. Depois de cobrança de escanteio, Fernando Torres desviou para o meio da pequena área, onde estava Ivanovic, que só precisou dar um leve toque para abrir a contagem.

Jogando em extrema facilidade, o Chelsea continuou criando mais. Aos cinco minutos, Anelka arriscou uma pancada de fora da área e a bola passou perto, assustando o Newcastle.

Na primeira chegada mais forte do Newcastle, no entanto, aos dez minutos, ocorreu o empate. Ryan Taylor cobrou falta de longe, com força. No meio do caminho, no entanto, a bola desviou em seu companheiro de meio campo, Jonás Gutierrez, enganando Petr Cech.

Depois do gol, o jogo diminuiu um pouco de ritmo, com os dois times criando menos chances de marcar. O Chelsea, no entanto, continuou melhor na partida, e sem tomar sustos.

Já no final da primeira etapa, os dois times tiveram boas oportunidades. Primeiro foi a vez do Chelsea, depois de cobrança de escanteio de Lampard, mas a bola ficou na zaga. No contragolpe, Ferguson recebeu bom passe de Gutierrez, mas errou feio na hora do cruzamento.

No segundo tempo, o Chelsea voltou melhor novamente. Aos oito minutos, a equipe criou duas boas jogadas. Primeiro, Fernando Torres dominou uma cobrança de escanteio de Lampard, mas finalizou em cima da zaga. Em seguida, Ramires teve chance em chute de longe, mas mandou para fora.

O Newcastle, apesar de ser inferior, também criou boa chance. Aos 13 minutos, Jonás Gutierrez se livrou da marcação e bateu com categoria, no canto, mas Cech caiu bem para fazer a defesa.

O Chelsea continuou criando bastante, chegando ao ataque mais e ficando com a bola. No entanto, não conseguia finalizar direito e dar trabalho ao goleiro Krul. Um exemplo claro desta situação foi aos 30 minutos, quando Drogba recebeu na área e escorou para Ashley Cole, deixando o lateral cara a cara com o goleiro. No entanto, Cole preferiu tentar um cruzamento, que saiu muito ruim.

Quase saiu um golaço aos 35 minutos. O Newcastle chegou bem ao ataque e a bola foi cruzada para Lovenkrands, que deu um lindo voleio, mas mandou pela linha de fundo.

Três minutos depois, veio o gol salvador do Chelsea. Lampard cobrou falta na área, no segundo pau. O goleiro Krul saiu mal, ficou no meio do caminho, e viu a bola encontrar a cabeça do brasileiro Alex, que mandou para o fundo do gol, confirmando a vitória do Chelsea.

No final, já aos 46 minutos, Ryan Taylor quase marcou de cabeça, desviando a bola dentro da pequena área, mas mandou pela linha de fundo. Aos 47, no entanto, o empate veio novamente. O próprio Ryan Taylor cobrou escanteio na cabeça de Steven Taylor, que mandou para as redes.

 

Leia tudo sobre: futebol mundialinglaterrachelsea

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG