Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

New York Yankees bate Manchester United como equipe mais valiosa

Time inglês de futebol caiu na lista da "Forbes" porque foi prejudicado pela valorização da libra esterlina frente ao dólar

EFE |

Getty Images
Manchester United conseguiu se manter como a marca mais valiosa do futebol
O New York Yankees superou o Manchester United como o clube esportivo mais valioso do mundo, também à frente dos espanhóis Real Madrid, terceiro colocado, e Barcelona, sétimo, segundo lista divulgada nesta terça-feira pela revista "Forbes".

Real Madrid mantém primeiro lugar entre clubes mais ricos do mundo

Segundo o site da publicação, a lista dos dez clubes mais valiosos é liderada pela franquia americana de beisebol, com um valor de mercado de US$ 340 milhões, seguido pelo time inglês de futebol, avaliado em US$ 269 milhões. Atrás do atual campeão da 'Premier League', está o Real Madrid, com valor de mercado de US$ 264 milhões, enquanto seu maior rival, o Barcelona (US$ 172 milhões).

O editor-chefe da "Forbes", Michael Ozanian, destacou que os Yankees se revalorizaram em 57% nos últimos quatro anos, apesar da crise econômica nos Estados Unidos, enquanto o Manchester United se viu prejudicado pela valorização da libra esterlina frente ao dólar.

Veja ranking dos melhores times do mundo segundo a IFFHS

"Se a taxa de câmbio se tivesse mantido desde 2007, os 'Diabos Vermelhos' seguiriam sendo a marca mais valiosa", explicou Ozanian. Ainda de acordo com a "Forbes", o Real Madrid "atrai os torcedores com dois dos jogadores mais populares e conhecidos do mundo: Cristiano Ronaldo e Kaká".

Entre os atletas, Cristiano, melhor do mundo na temporada 2008, foi incluído no ranking de atletas mais valiosos, ainda liderado com folga pelo americano Tiger Woods, com US$ 55 milhões, mesmo com os escândalos que o fizeram se afastar das competições em alto nível, o que culminou com sua saída do top 50 do ranking mundial de golfe nesta semana após 15 anos.

Em segundo lugar, aparece o tenista suíço, Roger Federer com US$ 26 milhões. Em outras classificações, a empresa esportiva mais valiosa é a Nike, com US$ 15 bilhões, e o negócio esportivo mais bem-sucedido é o Super Bowl, do futebol americano, uma marca cujo valor estimado é de US$ 425 milhões, segundo a revista.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG