Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Neto Baiano nega ter menosprezado o Atlético-BA

Atacante teria dito que rival de domingo "não prestava". Técnico acredita em inocência de seu comandado

Gazeta |

Líder do grupo 2 do Campeonato Baiano, o Vitória conquistou um bom triunfo sobre o Atlético-BA, vice da primeira chave, por 3 a 1, no último domingo. A polêmica ficou por conta de uma possível provocação do atacante Neto Baiano, que teria menosprezado os jogadores do rival. Com três gols em três jogos, ele é artilheiro do time no Estadual, e nega ter feito isso.

"Eu disse que jogando no Barradão, era obrigação do Vitória ganhar do Atlético. Não falei que o time dele não prestava", explicou. O técnico Antônio Lopes também defendeu seu jogador. "Não acredito que o Neto tenha feito isso. Ele me garantiu", revelou.

De qualquer forma, o "Delegado" ficou satisfeito com o desempenho da sua equipe. "Começamos bem, marcamos um gol, criamos chances reais e, depois que sofremos o gol, o time se desequilibrou emocionalmente. No segundo tempo voltamos a jogar bem, marcamos mais dois gols, perdemos pênalti e criamos outras chances reais de gols, mas ainda temos alguns erros e vamos trabalhar para corrigi-los", analisou.

O goleiro Viáfara abriu o placar, de pênalti, aos 14 minutos. Maurício Pantera empatou, mas Uelliton respondeu em seguida. O colombiano poderia fazer mais um no segundo tempo, mas desperdiçou a cobrança penal. Neto fechou o caixão aos 18 minutos da etapa final.

Leia tudo sobre: VitóriaCampeonato Baiano 2011Neto Baiano

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG