Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Negueba ganha tratamento vip no Flamengo

Comparado a Edilson por Luxemburgo, jogador será submetido a trabalho semelhante ao de Robinho e Neymar

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Desde que chegou ao Flamengo na reta final do Campeonato Brasileiro do ano passado, o técnico Vanderlei Luxemburgo trata Negueba como uma jóia. A preocupação era grande com o menino e ele chegou a mudar sua posição em campo, fez questão que disputasse o Brasileiro Sub-20 e a Copa São Paulo de Futebol Júnior. Agora, completamente integrado ao profissional, recebe o tratamento que a atual comissão técnica do time deu a jogadores como Robinho e Neymar no começo de suas carreiras.

Aos 18 anos, Negueba é claramente franzino. Segundo o preparador físico Antônio Mello, a partir de agora o trabalho será individualizado e o garoto terá uma atenção especial, assim como outros jovens valores como o volante João Vítor, cria do clube, e o meia Vander, que veio do Bahia este ano.

“O Negueba corria desesperadamente no ano passado, parecia um cachorro doido. A gente tem que dar uma orientação”, comentou Mello. “Precisamos respeitar a faixa etária, com o básico da alimentação e o fortalecimento muscular, com suplementação, sem prejudicar o talento. Já temos essa experiência com Robinho e Neymar, não teremos problemas. Negueba, fisicamente, está na mesma condição deles na época. Agora, vamos ver o desenvolvimento na qualidade técnica. Ele promete”, analisou.

Vipcomm
Ágil, Negueba terá atenção especial para desenvolver a parte técnica

Quando Luxemburgo tomou a decisão de mandar Negueba para o Brasileiro Sub-20, ele informou ao técnico Paulo Henrique que gostaria de ver o jogador no ataque e não mais no meio. Seu argumento era que com sua habilidade a proximidade do gol seria importante. Dessa forma, fez uma comparação com Edilson, o Capetinha.

Na volta ao time profissional depois da conquista da Copa São Paulo de Futebol Júnior, Negueba, autor do gol do título, teve nova chance ao ficar no banco de reservas contra o Boavista. Ele entrou no segundo tempo e marcou o gol da vitória por 3 a 2, o seu primeiro nos profissionais.

Contra o Resende, domingo, em Macaé, pela última rodada da fase de classificação da Taça Guanabara, Negueba deve novamente ficar no banco de reservas. Se depender de Luxemburgo e de sua origem nas categorias de base, ele tem tudo para se transformar no novo xodó da torcida do Flamengo.

Leia tudo sobre: FlamengoCampeonato Carioca 2011negueba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG