Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Náutico volta aos trilhos, atropela Trem-AP e agora encara Bangu

Após perder por 2 a 1 no Amapá, time fez 6 a 0 em casa com destaque para Bruno Meneghel na Copa do Brasil

Gazeta |

O Náutico não deu chances para a zebra aparecer nos Aflitos e passou com facilidade pelo Trem-AP. Pressionado em busca da vitória para não ser eliminado precocemente da Copa do Brasil, o Timbu contou com grande atuação do atacante Bruno Meneghel, que fez dois gols e deu duas assistências, e goleou o rival por 6 a 0. Agora, a equipe encara o Bangu, pela segunda fase do torneio.

AE
Bruno Meneghel tenta lance de efeito no estádio dos Aflitos

A partida, aliás, não foi nem sombra do mesmo duelo da semana passada, quando o Trem encarou os pernambucanos de igual para igual e não se apequenou. Logo aos 12 minutos, Bruno Meneghel recebeu cruzamento de Kieza e cabeceou firme, abrindo o placar. Três minutos depois, Meneghel serviu Airton, que ampliou.

Tranquilos, os alvirrubros apenas administraram a vantagem e fizeram o terceiro quando forçaram um pouco mais. Aos 34 minutos, Bruno Meneghel recebeu na frente do goleiro e, com um toque, encobriu o arqueiro, levando o 3 a 0 para o intervalo.

No segundo tempo, mais bombardeio na área adversária. Com quatro minutos decorridos, Ricardo Xavier cobrou pênalti sofrido por Kieza e fez o quarto. Aos 11, Bruno Meneghel bateu, Cristiano espalmou e Kieza marcou o seu, o quinto do Timbu. Para fechar a goleada, Deyvid Sacconi cabeceou entre dois zagueiros e deixou o seu.

FICHA TÉCNICA - NÁUTICO 6 x 0 TREM-AP

Local: Estádio dos Aflitos, no Recife (PE)
Data: 03 de março de 2011, quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: José Renato Albuquerque Soares (PB)
Assistentes: Broney Machado e Luis Filipe Gonçalves Corrêa (ambos da PB)
Cartões Amarelos: Derley, Everton Luiz e Eduardo Ramos (Náutico); Lessandro (Trem)

Gols: NÁUTICO: Bruno Meneghel, aos 12 e aos 34 minutos do primeiro tempo, Airton, aos 15 minutos do primeiro tempo, Ricardo Xavier, de pênalti, aos quatro minutos do segundo tempo, Kieza, aos 11 minutos do segundo tempo, e Deyvid Sacconi, aos 31 do segundo tempo

NÁUTICO: Glédson; Peter, Everton Luiz, Wescley e Airton; Everton, Derley, Eduardo Ramos (Deyvid Sacconi) e Kieza (Rogério); Bruno Meneghel e Ricardo Xavier (Willian). Técnico: Roberto Fernandes

TREM: Cristiano; Rô (Del Curuçá), Filho, Remerson e Diego Carajás; Ronilson, Diogo Piraca (Glaubi) e Lessandro; Ari e Anderson Problema (Jean Marabaixo). Técnico: Vitor Jayme

Leia tudo sobre: náuticotremcopa do brasil 2011bangubruno meneghel

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG