Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Náutico vence Sport no dérbi de classificados do Pernambucano

A partida foi disputada e o Náutico venceu por 1 a 0 com gol de Bruno Meneghel, e passou à primeira colocação

Gazeta |

O estádio dos Aflitos viveu uma situação inusitada na 22ª rodada do Campeonato Pernambucano. O Náutico teve mais um superclássico contra o Sport, mas as duas equipes já não disputavam nada, sem poder trocarem de posições na tabela. Mesmo assim, a partida foi disputada e o Náutico venceu por 1 a 0 com gol de Bruno Meneghel, e passou à primeira colocação na classificação final da primeira fase, com o dérbi se repetindo na semifinal.

Isso porque o Santa Cruz iniciou a rodada como líder, mas conseguiu apenas um empate contra o Ypiranga, por 0 a 0. O resultado deixou o Santa com 45 pontos, e o Náutico foi a 48. O Porto perdeu para o Petrolina por 3 a 1, mas se manteve na terceira colocação com 38 pontos. Derrotado, o Sport ficou em quarto, com 37.

AE
Náutico bateu o Sport no clássico de PE
Na próxima fase do Pernambucano, o dérbi da última rodada volta a acontecer em uma das semifinais: o Náutico, primeiro colocado, irá enfrentar novamente o Sport, quarto. Na outra perna na semifinal, o Santa Cruz, segundo, pega o Porto, terceiro.

Em campo, o dérbi entre Náutico e Sport começou bastante disputado, mas com poucas chances de gol - e mais faltas que boas jogadas, tanto que quatro cartões amarelos foram distribuídos pelo árbitro na primeira etapa, dois para cada lado.

Na segunda etapa, no entanto, a equipe da casa voltou melhor, e o nome do jogo entrou em campo logo aos cinco minutos. Bruno Meneghel entrou no lugar de Rogério, e mostrou ter estrela: aos 17, ele se livrou de três marcadores e chutou para abrir o placar - que não sofreu mais alterações até o final do jogo.

Ao mesmo tempo, Santa Cruz e Ypiranga fizeram um jogo bastante fraco e com poucas ocasiões de gol. Com poucas oportunidades nos primeiros 60 minutos de jogo, os times começaram a realizar substituções, mas elas pouco surtiram efeito. E a bola parecia não querer trabalhar, até que aos 40 minutos os refletores do estádio Otávio Limeira se desligaram e, na escuridão, o árbitro decidiu interromper a partida.

Cerca de 25 minutos de espera foram necessários para que a primeira das torres fosse religada. Em procedimento lento, um total de 40 minutos se passou até que o árbitro pudesse reiniciar o jogo. No entanto, ele pareceu seguir paralisado pela inatividade das equipes, e mesmo com quatro minutos de acréscimo sinalizados pelo árbitro, o placar seguiu inalterado e o empate sem gols persistiu.

Confira os resultados da rodada do Pernambucano:

Salgueiro 0 x 2 Central
Vitória 0 x 0 Cabense
Araripina 1 x 2 América
Porto 1 x 3 Petrolina
Ypiranga 0 x 0 Santa Cruz
Náutico 1 x 0 Sport

Leia tudo sobre: náuticosportcampeonato pernambucano 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG