Meia e atacante estão sendo submetidos a tratamentos intensivos para conseguirem atuar contra o Sport

Dois dos principais jogadores da equipe do Náutico podem não entrar em campo diante do Sport , nesta terça-feira, na Ilha do Retiro. O meia Eduardo Ramos e o atacante Kieza estão sendo submetidos a tratamentos intensivos para conseguirem atuar no 'Clássico dos Clássicos', mas permanecem sendo dúvidas para a partida.

Kieza sentiu dores na coxa esquerda na vitória do Náutico, contra o ASA, por 1 a 0, na última sexta-feira, e ainda não se recuperou totalmente para poder entrar como titular. Embora o jogador tenha treinado nesta segunda-feira sem limitações, o técnico Waldemar Lemos é cauteloso antes de confirmar a presença do atleta no time, e sinalizou com uma possível entrada de Alexsandro na equipe.

Já o caso do meia Eduardo Ramos é mais sério. O jogador abandonou o treino desta segunda-feira com dores na coxa e uma luxação no pé direito, e a tendência é que fique mesmo fora da equipe. Com isso, Marcos Vinícius deve entrar como titular, já que o meia Philip está suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo.

Enquanto isso, o goleiro Gideão, que reclamou de dores na virilha após o término da última partida do Náutico, treinou normalmente com bola e não deve ter problemas para jogar o clássico. O jogador ainda fez questão de jogar toda a responsabilidade da partida para o adversário, que vem de uma derrota de 3 a 0 para o Boa Esporte e tentará se recuperar no campeonato diante de sua torcida.

"Não é a tabela quem entra em campo. Se olharmos a tabela a nossa situação é melhor, mas em clássico isso não adianta muito. A rivalidade e a pressão fazem a diferença. O Sport tem a responsabilidade de vencer, porque joga em casa e com o apoio do torcedor deles. Para nós, que vamos jogar fora dos Aflitos, queremos é somar pontos. O empate não será um mal resultado, mas vamos para surpreendê-los e buscar a vitória", concluiu o goleiro do Náutico.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.