Jogadores querem um resultado positivo por honra pelo menos, já que a classificação agora parece distante

O Náutico sabe que será complicado avançar às quartas de final da Copa do Brasil. Depois de perder por 3 a 0 para o Vasco , nos Aflitos, o time pernambucano terá que vencer por quatro gols de diferença para sair classificado do Rio de Janeiro, na próxima quarta-feira.

Abatidos pela derrota, os jogadores do Náutico admitem que a missão será difícil, mas querem ao menos uma vitória em São Januário para saírem com honra da competição.

"Temos que fazer uma boa partida lá no Rio de Janeiro para seguir com dignidade", disse o goleiro Douglas, que teve seu discurso acompanhado pelo zagueiro Walter.

"Ficou complicado. Não deu nada certo, mas não tem nada acabado. Vamos trabalhar para tentar reverter o resultado. Agora temos um clássico e não podemos deixar a peteca cair".

Vice-líder do Campeonato Pernambucano, o Náutico faz neste domingo o clássico com o Sport, pela última rodada da primeira fase da competição.

Pensando no confronto contra o arquirrival, o técnico do Náutico, Roberto Fernandes, comanda, em clima de "ressaca" um treino regenerativo na tarde desta quinta-feira, no estádio Eládio de Barros Carvalho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.