Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

"Não tenho o que falar. Eu falo muito", brinca Felipão sobre Tite

Palmeirense evita polemizar reencontro entre seu clube e o Corinthians após expressão criada por Tite

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Palmeiras e Corinthians se encontram neste domingo pela primeira vez após Tite criar a expressão “fala muito!”, para criticar a atuação de Luiz Felipe Scolari à beira do gramado. O reencontro dos treinadores, no entanto, não será possível. Suspenso, o palmeirense dará lugar a seu auxiliar, Flávio Murtosa. Nem por isso, ele deixou de dar a sua provocada para o clima do dérbi que se aproxima.

Perguntado sobre o que poderia falar de Tite, Felipão foi irônico. Disse que os repórteres deveriam perguntar a Murtosa e finalizou a resposta usando o bordão criado pelo treinador do arquirrival.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

“Não sou eu que tenho que falar. Eu não sou técnico de domingo. Agora, se vocês querem qualquer coisa, entrevista meu amigo baixinho de bigode, o Murtosa. Entrevistem ele. Ele que vai ser o técnico e que vai confrontar no campo. Eu não tenho nada para falar. Aliás, eu falo muito”, disse o comandante arrancando gargalhada dos presentes na sala de imprensa.

Felipão manteve o discurso e afirmou que não sabe o motivo de Tite estar chateado com ele. Se antes os dois trocavam elogios constantes e o corintiano até dizia que usava o palmeirense como referência, hoje, a relação deles já não é das melhores. Tudo porque o treinador do time do Palestra Itália disse que perderia para ajudar seu companheiro.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

“Eu o continuo elogiando o Tite. Não se que ruído foi esse. Tem que perguntar para ele. No domingo vai ser Tite contra o Murtosinha. Para mim, é a mesma coisa. Nem estarei no banco no domingo. Quem escala sou eu, mas quem ganha ou quem perde é o Murtosa”, brincou.

Em entrevista coletiva de terça-feira, Tite também fugiu do assunto . Ele afirmou que não falará mais do assunto e disse que o clássico entre Palmeiras e Corinthians é maior do que qualquer rusga pessoal.

Leia tudo sobre: palmeirasbrasileirão 2011corinthianstitefelipão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG