Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

“Não posso permitir a interferência da FA no meu trabalho”, diz Capello

Italino pediu demissão da Inglaterra após se declarar contrário à decisão da Federação Inglesa de retirar a tarja de capitão de Terry

iG São Paulo |

AFP
Fabio Capello afirmou que não poderia admitir interferências em seu trabalho à frente da seleção inglesa
O ex-técnico da Inglaterra, Fabio Capello, falou pela primeira vez após a sua demissão da seleção inglesa. O italiano afirmou que preferiu sair do cargo, pois não podia admitir a interferência da FA (Associação de Futebol da Inglaterra) em seu trabalho, referindo-se à polêmica envolvendo John Terry.

Leia mais: Fabio Capello deixa o cargo de técnico da seleção inglesa

"Agi da maneira que eu sempre tenho no futebol. Eu não posso permitir a interferência da FA no meu trabalho. Eu sempre fui claro quem deve gerenciar a equipe e no camarim, e quem tem de tomar decisões", afirmou Capello, em entrevista para o jornal inglês "The Guardian".

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O ex-treinador entrou em conflito com os dirigentes da federação, após criticar a decisão da mesma de retirar a tarja de capitão de John Terry. O zagueiro inglês é acusado de racismo em episódio com o defensor do Queens Park Rangers, Anton Ferdinand.

Confira ainda: Após acusação de racismo, Terry perde faixa de capitão da Inglaterra

Capello ainda fez questão de agradecer a federação do país pelos anos à frente da seleção, bem como os jogadores da Inglaterra e torcedores.

E mais:
Rio Ferdinand descarta receber braçadeira de capitão de Terry

"Gostaria de agradecer aos jogadores, o pessoal da FA para a abordagem profissional que demonstraram ao longo dos anos fui técnico da equipe nacional. Eu gostaria de enviar uma saudação especial a todos os fãs que apoiaram a equipe e meu trabalho. A todos eles eu espero que eles alcançam mais os seus objetivos no esporte”, declarou o ex-técnico da seleção inglesa.
 

Leia tudo sobre: fabio capelloinglaterraitáliafutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG