Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

¿Não me iludo¿, diz Carpegiani após vitória sobre o São Bernardo

Treinador elogia o primeiro tempo dos 3 a 0 no Morumbi, mas diz que viu ¿desinteresse¿ na etapa final

Levi Guimarães, iG São Paulo |

O São Paulo conquistou na noite desta quarta-feira sua segunda vitória no ano, os atacante Dagoberto, Marlos e Fernandinho marcaram e a defesa continuou sem sofrer gols. Mesmo assim, o técnico Paulo César Carpegiani não viu apenas aspectos positivos no confronto com o São Bernardo. Para o comandante, o desempenho caiu muito no segundo tempo, o que já lhe causa preocupação para o restante da temporada.

AE
Carpegiani reclamou da queda de rendimento do São Paulo no segundo tempo
“A vitória é sempre importante, independente de ir bem, mas lógico que no futebol é bom vencer e convencer. Fizemos um primeiro tempo bom, a equipe foi muito inteligente, jogou pelos flancos, não deixou o adversário jogar. Mas no segundo tempo houve um desinteresse, e isso não pode acontecer. Me preocupa, mesmo sendo início de temporada”, afirmou o treinador.

De fato, enquanto na primeira etapa o São Paulo transformou o domínio da posse de bola em diversas chances de gol, na segunda o time recuou e permitiu que o São Bernardo levasse muito perigo ao gol de Rogério Ceni em algumas oportunidades. Carpegiani ainda não conversou com os jogadores sobre esses problemas, mas afirma que fará isso na tarde desta quinta-feira, quando o time se reapresenta no CT da Barra Funda.

null“Hoje ainda está com o entusiasmo da vitória, que é sempre importante. O grupo eu considero bom, mas quero uma equipe mais competitiva. Recuamos demais. Principalmente jogando em casa, para mim isso não faz parte do que eu realmente quero. Isso é muito perigoso no futebol. O que aconteceu no segundo tempo não pode ocorrer contra ninguém, dentro ou fora de casa”, disse.

Para tentar amenizar essa queda de rendimento, Carpegiani cogita inclusive mudar a escalação do time. Com isso, quem deve voltar a ganhar espaço entre os titulares é o atacante Fernandinho, que nesta quarta começou a partida no banco.

“É algo que tem que ser colocado, talvez com troca de jogadores. Eu não me iludo com o resultado. Acho ótimo, mas quero que a equipe tenha continuidade ao longo do jogo e se imponha o tempo todo. No segundo tempo o adversário nos impôs o jogo. Estou satisfeito, mas para o próximo jogo posso fazer mudanças buscanco essa maior firmeza”.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG