Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

"Não caiu a ficha ", dizem corintianos sobre ausência de Ronaldo

Chicão e Alessandro, agora os principais líderes da equipe, tentam se acostumar com nova rotina sem o Fenômeno

Bruno Winckler, iG São Paulo |

O primeiro treino do Corinthians após o anúncio da aposentadoria de Ronaldo foi diferente. "É até complicado vir treinar sabendo que ele não vai estar mais aqui. Esse foi o primeiro treino sem o homem. Ele brincava muito, deixava o ambiente descontraído. Não ter mais isso é complicado", disse Chicão, após os treinos desta terça-feira.

O lateral-direito Alessandro concorda com o companheiro e lembra que a ausência de Roberto Carlos também será sentida nestes primeiros dias sem a dupla pentacampeã mundial com seleção brasileira. "Vai demorar um pouco pra se acostumar. Tanto sem o Ronaldo como o Roberto Carlos, que até ficou menos tempo que o Ronaldo, mas que marcou bastante. A gente torce para que daqui pra frente nós tenhamos tranquilidade. Vamos encontrar os caminhos das vitórias. Vai ser diferente sem eles, mas vamos nos preparar para isso", disse o lateral-direito.

Chicão e Alessandro são os únicos jogadores que chegaram ao Corinthians durante a reformulação por que passou o clube em 2008, após a queda para a Série B, que continuam como titulares do time até hoje. E eles lembram que com Ronaldo e Roberto Carlos no time a rotina de todos no clube mudou nos últimos dos anos. "Qualquer viagem com ele era diferente. Despertava muita atenção, mídia. Sem o Ronaldo isso deve diminuir bastante", disse Alessandro. "É até bom ter mais tranqulidade nesse sentido", completou Chicão.

Os dois titulares corintianos reconhecem que o time inteiro sentirá a falta de Ronaldo e Roberto Carlos. E eles não contam que novos medalhões sejam contratados para assumir a responsabilidade extra que sempre recaiu sobre os ombros dos dois ex-corintianos.

"Ter jogador do nível do Roberto e do Ronaldo é importante. Mas é difícil contratar. Os números são bem acima, o presidente já falou e a gente não tem que ter essa preocupação de chegar jogador. A nossa preocupação é com nós mesmos. Nós é que vamos buscar as vitórias", disse Alessandro.

Leia tudo sobre: corinthianschicãoalessandroronaldo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG