Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Na Suíça, seleção tem ingressos mais baratos que no Brasil

Entradas para ver Brasil e Bósnia custam de R$ 94 a R$ 476. Em São Paulo e Goiânia torcedor pagou de R$ 150 a R$ 900

Paulo Passos, enviado iG a St. Gallen |

Com um dos custos de vida mais altos da mundo, os suíços pagarão mais barato que os brasileiros para ver a seleção de Mano Menezes. Os ingressos para o amistoso desta terça-feira em St. Gallen custam menos que os dos amistosos disputados em junho em Goiânia e São Paulo.

Veja também: Cidade que recebe seleção tem arena modelo e time de segunda

Divulgação
AFG Arena, do St. Gallen, tem área VIP luxuosa e todos os lugares com cadeiras
Segundo a organização do amistoso entre Brasil e Bósnia na próxima terça-feira em St. Gallen, restam menos de mil entradas à venda. Os bilhetes custam de R$ 94 a R$ 476. Os valores são menores do que pagaram os torcedores que foram aos amistosos contra Holanda, em Goiânia, e Romênia, no Pacaembu, junho, antes da Copa América.

Na capital de Goiás, os torcedores pagaram de R$ 150 a R$ 800 para assistir o empate contra a Holanda. Para garantir a presença de público no estádio, o Governo do Estado de Goiás gastou R$ 2 milhões para bancar ingressos subsidiados aos torcedores .

Dias depois em São Paulo, a seleção enfrentou a Romênia, no jogo que marcou a despedida de Ronaldo. Apesar do caráter festivo, o Pacaembu não teve lotação máxima. Os ingressos custaram de R$ 140 a R$ 800.

Leia mais: Sem Kaká, convocação da seleção tem R10 e novidade no gol

No último amistoso que disputou no Brasil, a seleção enfrentou a Argentina, em setembro de 2011, com time formado apenas por jogadores que atuam no país. A partida no Pará teve ingressos mais baratos e lotação máxima no estádio Mangueirão. Quem viu a vitória de 2 a 0 pagou de R$ 90 a R$ 190.

Tempo curto
Os jogadores da seleção brasileira começam a chegar na Suíça neste domingo. O único treino antes da partida acontecerá na segunda-feira, provavelmente sem Lucas e Dedé, liberados para as partidas de seus clubes no domingo pelos estaduais. Os dois chegarão na segunda em St. Gallen.

O estádio da partida, o AFG Arena, tem capacidade para 19 mil torcedores. Inaugurado em 2008, ele é um dos mais modernos e confortáveis da Suíça .
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG