Contra rivais mais difíceis, Tite supera média de antecessor na divisão de acesso

Tite já tem 43 jogos no comando do Corinthians nesta sua segunda passagem pelo clube. Desde outubro de 2010, quando assumiu, são 26 vitórias, 12 empates e cinco derrotas. Com este aproveitamento, o técnico supera o rendimento que Mano Menezes teve a frente do time paulista nos primeiros 43 jogos oficiais que comandou o Corinthians em 2008. E com um detalhe: naquele ano, o Corinthians enfrentou rivais menos exigentes na Série B do Brasileiro.

Mano visitou Tite em março deste ano
AE
Mano visitou Tite em março deste ano

Siga a página do iG Corinthians no Twitter

O aproveitamento de Tite até agora é de 69,7% dos pontos disputados. Com o mesmo número de jogos, Mano conseguiu 68,2%. Apesar do drama pela eliminação na Libertadores para o Tolima, em fevereiro, Tite encarou adversários mais duros do que Mano no seu início de trabalho no Corinthians. Enquanto Tite defende uma invencibilidade de 19 jogos em jogos no Brasileirão, Mano viu o Corinthians fazer ótima campanha, mas na Série B.

Entre para a torcida virtual do Corinthians

“Tenho isso? Com adversários mais difíceis? Mas não posso comparar, né? É Série A e Série B, outras realidades”, disse Tite na sexta-feira, não querendo valorizar-se em cima de um amigo mesmo reconhecendo que em teoria seu aproveitamento poderia ser naturalmente pior por jogar na elite do país.

Neste ano, o Corinthians tem 93% de aproveitamento no Campeonato Brasileiro . Nas 10 primeiras rodadas da Série B, o time de Mano conseguiu 86% dos pontos e encerrou o torneio com 85 pontos, 74% do total disputado.

Nas duas trajetórias, tanto de Mano como de Tite, iniciaram seus trabalhos após período de turbulência e enfrentaram logo no início um grande baque. Mano assumiu a equipe recém rebaixada e mudou quase todo o elenco para o início da temporada de 2008. Após um bom início, superou-se na Copa do Brasil e chegou até a final contra o Sport. Porém, acabou perdendo aquela decisão.

Tite, em outubro de 2010, recebeu uma equipe que não vencia havia sete jogos e que somava sérias lesões de seus principais jogadores. E desde então, Tite perdeu apenas cinco jogos. Uma delas, contra o Tolima, quase custou-lhe o emprego. “Ronaldo estava em 2008? Não? Então, eu tive Ronaldo, por poucos jogos, mas tive. É diferente. O Mano, não teve”, ponderou Tite, mesmo sabendo que Ronaldo jogou apenas 11 (seis vitórias, quatro empates e uma derrota) dos seus 43 jogos no clube.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.