escola brasileira de futebol - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Na seleção, Ney Franco e Mano Menezes criam escola brasileira de futebol

Quando o Mano me procurou e tivemos uma primeira conversa, uma questão que discutimos foi tentar usar as características do futebol brasileiro, disse Ney Franco

Gazeta Esportiva |

A escola brasileira de futebol, tão admirada ao longo do planeta, tem como principais características a ofensividade, a qualidade técnica, os dribles e a genialidade nos gramados. Nos próximos anos, ela também poderá ser definida taticamente. Esse é o plano de Ney Franco, técnico das categorias de base, e Mano Menezes, comandante da seleção principal: criar uma metodologia de trabalho única.

"Quando o Mano me procurou e tivemos uma primeira conversa, uma questão que discutimos foi tentar usar as características do futebol brasileiro. No momento certo, vamos ver algumas questões táticas que queremos aplicar e criar uma metodologia de trabalho que valha da seleção principal à sub-15 e tentar adequá-la", apontou o treinador, em evento da CBF na capital paulista nesta sexta-feira.

Ney Franco não esconde que o objetivo da dupla é claro: "Formar uma escola brasileira de estilo de jogo, que é um modelo difícil de ser aplicado". Isso necessitaria de uma coordenação enorme entre os dois, relação que agora pode começar a ser estabelecida, já que o treinador das categorias de base encerrou seu trabalho no Coritiba conquistando o título da Série B do Campeonato Brasileiro e agora se dedicará exclusivamente ao cargo.

"Meu compromisso com a CBF é até 2016 e, dentro disso, podemos desenvolver na seleção de base uma forma próxima daquilo que o Mano entende como a maneira com que o futebol brasileiro deve se comportar", afirmou. Além disso, a expectativa é que Ney Franco use sua experiência para lidar nas categorias de base do Brasil com atletas cada vez mais precocemente famosos, conhecidos e vaidosos.

"Hoje, a sub-20 tem jogadores que estão atuando em grandes clubes e sendo decisivos. Precisamos de uma profissionalização e por isso começamos esse projeto. A seleção tem que ter jogadores com talento em competições importantíssimas. Por isso, estamos atuando de forma bem profissional", complementou Ney Franco, com Mano Menezes postado à sua direita concordando com todas as palavras.

Leia tudo sobre: seleção brasileira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG