Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Na "reestreia" de Kleina, Ponte tropeça no Ituano e amarga jejum

Na primeira vez depois que o técnico recusou o Fluminense, time chegou ao 3º jogo sem ganhar no Paulista

Gazeta |

Nesta quinta-feira, o técnico Gilson Kleina comandou a Ponte Preta pela primeira vez após dizer "não" ao Fluminense. O ânimo gerado pelo voto de confiança dado pelo comandante ao projeto da Macaca não foi suficiente para que a equipe vencesse o Ituano: em pleno Moisés Lucarelli, derrota por 2 a 1, no terceiro jogo seguido sem triunfar (duas derrotas e um empate).

Com 25 pontos, a Ponte Preta continua tranquila na zona de classificação às quartas de final do Campeonato Paulista e ocupa a sexta colocação, cinco a mais que o São Caetano, que ocupa atualmente a nona colocação. Já o Ituano chegou aos 15 pontos e deixou a 17ª colocação, na zona de rebaixamento, para o Noroeste.

A equipe de Itu, porém, terá de iniciar um novo planejamento em breve, já que o técnico Ruy Scarpino acertou com o ABC-RN e foi anunciado pelos potiguares com o jogo em andamento.

O jogo
Com boa atuação de Tiago Luís, a Ponte Preta começou melhor que o Ituano, mas não conseguiu transformar o domínio da posse de bola em pressão. Aos 44 minutos, veio o castigo: Alemão passou para Malaquias, que saiu da bola e deixou Jefferson livre para tocar na saída do goleiro Gustavo - que entrou na vaga do machucado Bruno, aos 19.

Na segunda etapa, os anfitriões demoraram a engrenar e foram dominados durante a maior parte do tempo. Tanto que aos dez minutos, o Ituano aproveitou vacilo de Tiago Luís, armou um contra-ataque e ampliou com Malaquias, após cruzamento de Jefferson, que poderia ter sido o autor do terceiro gol, mas perdeu chance incrível, sozinho na pequena área.

No fim, a Macaca ainda conseguiu diminuir e colocar uma pitada de emoção na partida, mas insuficiente para a reação. Aos 31 minutos, Tiago Luís cobrou falta da esquerda, o zagueiro Ferron subiu tentando a cabeçada, mas de acordo com a arbitragem o chute do meia-atacante foi direto para as redes.

Minutos depois, um outro chute de Tiago não teve o mesmo destino, já que Marcelo Bonan fez grande defesa e impediu que o placar fosse igualado.

FICHA TÉCNICA - PONTE PRETA 1 X 2 ITUANO

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 24 de março de 2011, quinta-feira
Horário: 21h00 (de Brasília)
Árbitro: Claudinei Forati Silva
Assistentes: João Bourgalber Nobre Chaves e Maria Nubia Ferreira Leite
Cartões amarelos: Lucas, Válber, Josimar, Ferron, Eduardo Arroz (Ponte Preta); Alex Cazumba, Adoniram, Anderson Salles, Medina, Rodrigão (Ituano)

Gols:
ITUANO: Jefferson, aos 43 minutos do primeiro tempo, e Malaquias, aos 11 do segundo tempo.
PONTE PRETA: Tiago Luís, aos 31 minutos do segundo tempo.

PONTE PRETA: Bruno (Gustavo); Eduardo Arroz, Leandro Silva, Ferron e João Paulo; Josimar, Lucas, Válber e Márcio Diogo (Romulo); Tiago Luis e Ricardo de Jesus (Renan). Técnico: Gilson Kleina

ITUANO: Marcelo Bonan; Anderson Salles, Rodrigão, Jackson e Alex Cazumba; Júnior Urso, Adoniram (Johnattan Escobar), Alemão (Medina) e Jefferson; Leomir e Malaquias (Alan). Técnico: Ruy Scarpino  

Leia tudo sobre: campeonato paulista 2011ponte pretaituanokleinajejum

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG