Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Na raça, Náutico derrota o Salgueiro e assume a vice-liderança

Derley fez o único gol dos pernambucanos em partida disputada no estádio dos Aflitos

Gazeta |

O duelo entre Náutico e Salgueiro foi dramático do início ao fim e o time da casa, influenciado por mais de 15 mil torcedores no estádio dos Aflitos, conseguiu a vitória por 1 a 0, com gol de Derley.

Depois de uma primeira etapa equilibrada, o Timbu pressionou e viu o Carcará se retraindo. Aos 26 minutos, em jogada lateral, completamente inesperada, o time foi premiado e assumiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro da Série B, deixando a Ponte Preta para trás.

O jogo
Apesar do primeiro tempo de baixo nível técnico, o Náutico teve mais iniciativa que o Salgueiro e chegou mais perto do gol que o adversário, aparentemente distraído e desatento, fornecendo espaço para as investidas do Timbu. Logo aos cinco minutos, os donos da casa tiveram sua primeira boa chance após uma arrancada do atacante Kieza, que partiu da intermediária até a área do Salgueiro em velocidade.

AE
Náutico derrotou o Salgueiro em casa
Apesar da finalização ter sido fraca e do placar não ter sido alterado, o Náutico começou a acreditar única e exclusivamente na estrela de Kieza. Em determinados momentos da primeira etapa, a única jogada era alçar bolas na área do Salgueiro, que rebatia. Ao invés de colocar a bola no chão e tentar se organizar taticamente, a estratégia era lançar Kieza, que não estava tão inspirado assim.

A partir dos 16 minutos, o panorama se alterou e valores individuais tentaram desequilibrar. Nesse lance, Rogério recebeu de Derley, completamente livre de marcação, e bateu cruzado, desperdiçando uma chance incrível de abrir o placar.

O Carcará responderia na mesma moeda a partir dos 30 minutos, talvez com mais intensidade. Como a bola não chegava, Fabrício Ceará foi buscar no meio-campo e conseguiu abrir a defesa do Timbu. No lance seguinte, Piauí foi quem bateu forte de fora da área, assustando Gideão. O goleiro alvirrubro se surpreenderia mais uma vez, aos 36, quando Renê desferiu outro petardo de fora da área e acertou a trave. Gideão pulou, apareceu na foto, e o placar permaneceu igualado.

No final do primeiro tempo, o Náutico conseguiu se reorganizar e tirou suor do goleiro Luciano. Em cobrança de falta ensaiada de Elicarlos, aos 40, e em batida forte de Kieza, de frente para o gol, aos 41, o Timbu mostrou que não estava morto, mas só ficou por aí.

Valente, o Náutico promoveu uma verdadeira blitz na segunda etapa e o Salgueiro acabou pagando pela retranca e pela omissão. Já aos dois minutos, Derley teve uma chance clara, mas desperdiçou, situação que se repetiria aos cinco e aos nove com Kieza que, aos 23 minutos, acertou a trave com uma cabeceada oportunista.

Três minutos mais tarde, o principal nome do Timbu na partida conseguiu empreender uma jogada eficiente e fez a jogada pela direita, cruzando para o meio da área. O volante Derley, como um camisa 9, veio com tudo e anotou o único gol da partida.

A sensação era de que o Náutico havia marcado o gol no momento certo quando, já pressionado pela torcida, começava a trocar a força ofensiva pela ansiedade em abrir o placar. O Salgueiro, recuado, sem se atirar sobre o adversário, pagou o preço.

FICHA TÉCNICA
NÁUTICO 1 x 0 SALGUEIRO

Local: estádio dos Aflitos, no Recife (PE)
Data: 17 de setembro de 2011, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Cláudio Mercante (Asp.FIFA-PE)
Assistentes: José Vanderlei da Silva e Alcides Augusto de Lira Júnior (ambos de PE)
Público: 15.007 pagantes
Renda: R$ 93.990,00
Cartões amarelos: Jeff Silva, Elton e Marlon (Náutico) ; Mateus, Luciano, Fabrício Ceará e Josa (Salgueiro)

GOLS: Náutico - Derley, aos 26 do segundo tempo.

NÁUTICO: Gideão; Neno (Diego Bispo), Marlon, Ronaldo Alves e Jeff Silva; Everton, Derley, Elicarlos e Elton (Phillip, depois Lenon); Rogério e Kieza
Técnico: Waldemar Lemos

SALGUEIRO: Luciano; Mateus (Amaral), Juninho (Edmar), Alexandre e Piauí; Renê, Josa, Pio e Paulo Santos; Ricardinho e Fabrício Ceará
Técnico: Luiz Carlos Barbieri

Leia tudo sobre: Série B 2011NáuticoSalgueiro-PE

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG