Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Na pior, Guarani se apoia em retrospecto contra cariocas

Contra o Flamengo, sábado, no Engenhão, time de Campinas defenderá marca de ainda não ter perdido para equipes do Rio neste Brasileiro

Agência Estado |

Em meio a um cenário de crise, o Guarani se apega a um retrospecto positivo para tentar se manter na elite do Campeonato Brasileiro. Contra o Flamengo, sábado, no Engenhão, o time de Campinas defenderá a marca de ainda não ter perdido para equipes cariocas nesta edição da competição.

Até agora, a equipe comandada por Vágner Mancini realizou seis jogos contra clubes do Rio de Janeiro, tendo vencido quatro e empatado dois. No primeiro turno, o próprio Flamengo acabou derrotado, por 2 a 1, de virada, no Estádio Brinco de Ouro.

O fato curioso é que o Guarani amarga dois jejuns e em ambos envolvem o Vasco, um time carioca. Um deles é o fato de que a última vitória da equipe paulista aconteceu no dia 25 de setembro, quando venceu por 1 a 0, em casa, pela 25.ª rodada. A outra marca negativa é o tabu de triunfos fora de casa. A última vez que os campineiros venceram como visitantes também foi contra o time de São Januário. No primeiro turno, ganharam também por 1 a 0, no dia 3 de junho, pela sexta rodada.

Alheio a estes números, o zagueiro Ailson garantiu que o elenco ainda não jogou a toalha. Ele espera que a reação no Brasileirão aconteça já na partida contra o Flamengo. "Será uma decisão para a gente fora de casa. Não vamos desistir, estamos vivos na batalha. Nosso elenco está focado nos nossos próximos compromissos", disse.

O Guarani depende de uma vitória para não ficar mais próximo do rebaixamento e encerrar a série de dez rodadas sem vencer, após quatro empates e seis derrotas. Após o empate contra o Vitória, por 1 a 1, no domingo, o time caiu para a 18.ª colocação, com 37 pontos.

Leia tudo sobre: campeonato brasileiroguarani

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG