Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Na luta contra a queda, Fla enfrenta Atlético-MG, que tem ex-xodó como destaque

Sábado, às 19h30, na Arena do Jacaré, confronto por sobrevivência na Série A marca a primeira vez de Obina como rival do Flamengo desde 2005

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860205062&_c_=MiGComponente_C

Desde 2005, quando foi contratado depois de uma passagem pelo Oriente Médio, Obina e Flamengo. vivem uma relação intensa, seja para o bem ou para o mal. Neste sábado, às 19h30, em Sete Lagoas, mais um capítulo dessa saga será escrito, mas desta vez como adversários. Pela primeira vez, desde que vestiu a camisa rubro-negra, o atacante vai virar rival, defendendo o Atlético-MG no Campeonato Brasileiro.

No Flamengo, restam poucos companheiros que conviveram anos e anos com o atacante. Leonardo Moura, que chegou ao clube em 2005, Juan e Ronaldo Angelim, contratados em 2006, são os que passaram mais tempo ao lado de Obina. Marcelo Lomba, Renato, Kléberson, Welinton e Willians também conviveram com o jogador. Encontrá-lo com outro uniforme causa grande estranheza.

"O futebol acaba fazendo isso com a gente. Vai ser estranho enfrentar o Obina, um cara que foi ídolo aqui no Flamengo e ficou tanto tempo do nosso lado. Gostamos muito dele. É um grande profissional e uma pessoa sensacional fora de campo", disse Juan.

Em campo, o Flamengo tenta conquistar a tranquilidade na reta final do Campeonato Brasileiro. Com 40 pontos, está quatro acima da zona de rebaixamento. O Atlético-MG tem 36 e aposta nos gols de obina, que já fez 11 neste Brasileiro, para vencer. Faltam apenas quatro rodadas para o fim da competição.

"Foram quatro anos com ele do lado. É bem diferente pensar no Obina como adversário. Fico feliz sabendo que ele está num bom momento e torço por seu sucesso. Mas no jogo espero que a gente se saia melhor", comentou Leonardo Moura.

Pelo Flamengo, Obina conquistou três títulos cariocas e uma Copa do Brasil, marcando em finais, como no Carioca de 2008, e jogos importantes, como em 2005, quando fez o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Paraná, em Curitiba, e livrou o time do rebaixamento. Seus feitos e carisma fizeram a torcida homenageá-lo com uma música que ficou famosa: "Obina é melhor que Eto'o".

"Com ele aqui, sempre conseguimos coisas boas, conquistamos títulos", disse Leonardo Moura. "Sempre tivemos um grande carinho por ele e continuamos tendo. É um cara que por onde passa faz o bem", emendou Juan.

Obina não enfrentou o Flamengo no ano passado, pois fazia parte de seu contrato de empréstimo ao Palmeiras sua não participação nos jogos contra o ex-clube. No primeiro turno do Brasileiro deste ano, ele estava machucado. Desta vez, será o parceiro de ataque de Diego Tardelli, outro ex-jogador do Flamengo.

FICHA TÉCNICA - ATLÉTICO-MG x FLAMENGO

Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Data: 9 de outubro de 2010, no sábado
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcio Chagas da Silva (RD)
Assistentes: Altemir Hausmann e Julio Cesar Rodrigues Santos (ambos do RS)
 
ATLETICO-MG: Renan Ribeiro, Rafael Cruz, Werley, Rever e Leandro; Alê, Serginho, Renan Oliveira e Diego Souza; Diego Tardelli e Obina
Técnico: Dorival Júnior
 
FLAMENGO: Marcelo Lomba, Leonardo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Juan; Maldonado, Correa, Willians e Petkovic; Diogo e Diego Maurício
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Leia tudo sobre: atlético-mgcampeonato brasileiroflamengofutebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG