"Acabei de ver o lance horroroso do goleiro do Sport. Mas mandar o menino embora não resolve o problema", disse ex-jogador

A atitude do goleiro Gustavo, do Sport, que acertou uma voadora na nuca de Elivelton, do Vasco , na Taça BH de Juniores, virou o assunto principal nos jornais e programas esportivos desta terça-feira. Nem Ronaldo, o Fenômeno, deixou de dar sua opinião, deixando claro entender que o garoto precisa de ajuda, mas sem descartar uma punição.

O atacante se mostrou assustado ao assistir ao lance, que classificou como "horroroso", mas pediu calma aos críticos do atleta, defendendo que o contrato do goleiro não fosse rescindido.

"Acabei de ver o lance horroroso do goleiro do Sport. Mas mandar o menino embora não resolve o problema. Não sou psicólogo, mas antes de pensar em mandá-lo embora, é preciso dar a ele a chance de se tratar", opinou o ex-jogador.

Discutindo com alguns internautas, ele ainda frisou que não estava justificando a atitude de Gustavo. "Não estou justificando o que ele fez. A voadora dele foi horrível e merece suspensão de campo, mas mandá-lo embora não fará dele um cara melhor", concluiu, dando a discussão como encerrada em seu microblog.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.