Edson Gaúcho disse pretender aproveitar dupla Diego Oliveira e Roni. Vilson Tadei se preocupa com defesa

Na rodada de estreia da Série B do Campeonato Brasileiro, o Criciúma , que amargou uma derrota na final do estadual na última semana, recebe o Guarani , que conquistou o acesso à Série A1 do Campeonato Paulista, neste sábado, às 16h20, no Estádio Heriberto Hülse.

O clube catarinense começou bem a temporada, conquistando o primeiro turno do campeonato estadual, mas caiu de produção durante o returno e na disputa da final do Campeonato Catarinense acabou perdendo o título para a Chapecoense.

O Guarani também ficou com o vice-campeonato da Série A-2 do Paulistão, mas para o Bugre a segunda colocação teve gosto de vitória, pois foi o suficiente para o clube alcançar o seu objetivo na competição: o retorno à elite do futebol paulista.

Vilson Tadei, técnico do Guarani, declarou antes da viagem a Criciúma que dará atenção especial ao setor defensivo do Bugre: "Para este jogo de estreia pretendo resguardar um pouco nossa defesa. O objetivo é mudar um pouco o esquema para fortalecer o setor defensivo, que está um pouco vulnerável".

Já o técnico do Tigre, Edson Gaúcho, está mais preocupado com o ataque do seu time. Em entrevista após o último treino antes da estreia na Série B, ele disse que pretende aproveitar a dupla Diego Oliveira e Roni, deixando um jogador na posição de pivô e o outro livre no setor ofensivo.

As duas equipes seguem em formação para a disputa da segunda divisão da competição nacional. Nas últimas semanas anunciaram a contratação de muitos jogadores, para todas as posições, mas nenhum nome de peso.

FICHA TÉCNICA - CRICIÚMA X GUARANI

Local: Heriberto Hülse, em Criciúma
Data: 21 de maio de 2011, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Costa da Costa (RS)
Assistentes: Alexandre A. P. Kleiniche (RS) e João L. de Souza Jr (RS)
Assistentes adicionais: Luis Carlos Pereira (SC) e Waldir Lodetti (SC)

CRICIÚMA: Andrey; Fábio Santana, Toninho, Rogélio e Marinho Donizete; Carlinhos Santos, Pirão, Diogo Oliveira e Roni; Schwenck e Lincom. Técnico: Edson Gaúcho

GUARANI: Emerson; Bruno Peres, Neto, Alison e Carlinhos; Dada, Rafael Jataí, Rodrigo Paulista e Jefferson Luís; Fabinho e Geilson. Técnico: Vilson Tadei

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.