Tamanho do texto

Em 26 participações no torneio mais importante do continente europeu, time português jamais perdeu em sua partida inaugural

Campeão da Liga Europa, do Campeonato Português e da Taça de Portugal, o Porto fará sua estreia na temporada 2011/2012 da Liga dos Campeões nesta terça-feira, diante do Skakhtar Donetsk, da Ucrânia. O duelo, marcado para as 15h45 (de Brasília) no estádio do Dragão e válido pela primeira rodada do Grupo G, é visto pelo técnico do clube luso, Vitor Pereira como a realização de um sonho.

Em 26 participações na maior competição do Velho Continente, o Porto nunca foi derrotado em sua partida de estreia. Para o comandante da equipe bicampeã do torneio - em 1987 e 2004 -, a tradição de seguir invicto nos jogos de estreia será mantida.

"Se nunca perdemos um primeiro jogo na Liga dos Campeões, isso não irá acontecer agora. Vamos enfrentar o Shakhtar Donetsk, que é um grande clube, com excelentes jogadores, incluindo vários brasileiros talentosos. Temos capacidade de jogar no mesmo nível que eles", explicou Pereira.

O comandante não poderá contar com o zagueiro Rolando e o meia Guarín, que cumprirão suspensão após terem sido expulsos contra o Barcelona na decisão da Supercopa da Europa e ainda com Sapunaru, lesionado. Apesar dos desfalques, Pereira terá os retornos de Otamendi e Álvaro Pereira em sua defesa e Varela no ataque."Orientar um time na Liga dos Campeões é o sonho de qualquer treinador. Escutei muitas vezes o hino desta competição nas arquibancadas, vi muitos jogos, mas agora estou aqui e nunca duvidei que chegaria a este ponto. Muitas pessoas dizem que o Shakhtar possui uma das melhores equipes da Europa e estou à espera de um ótimo clima diante do nosso torcedor em casa", continuou o comandante do Porto.

Destaque da equipe nos últimos jogos, o brasileiro Hulk negou que o Porto seja favorito no embate, pregando um equilíbrio entre os dois times. "Acredito que não somos favoritos, até por respeito aos adversários que teremos na Liga dos Campeões. Todos vão esperar sempre o melhor do Porto devido à temporada que fizemos no ano passado, onde ganhamos vários títulos. Mas mantendo como vínhamos jogando, com humildade, temos tudo para chegar bem longe nesta edição", disse o atacante brasileiro.Já o Shakhtar inicia sua jornada na Champions confiante após garantir seu melhore resultado na história da competição na última temporada. Alcançando as quartas de final na edição passada, o time ucraniano foi derrotado pelo futuro campeão Barcelona.

Repleta de jogadores brasileiros - oito ao todo -, a equipe tem totais condições de passar à próxima fase da competição, de acordo com o seu comandante, Mircea Lucesco. "Isto é um trabalho passo a passo. Atualmente a equipe não está preparada para vencer uma Liga dos Campeões, mas tem competência para passar neste grupo", disse o treinador.

Apesar do otimismo quanto à classificação, o comandante do Shakhtar destacou a dificuldade de se enfrentar o Porto dentro de casa, mesmo com seus desfalques. "O Guarín e o Rolando não serão problemas, já que o Porto conta com jogadores igualmente fortes para substituí-los. Estamos preparados para fazer um bom jogo, mas sabemos que será extremamente vencer. Temos que ser fortes defensivamente e anular o Porto", encerrou o técnico.Um dos destaques da equipe ucraniana, o brasileiro Willian deixou clara a necessidade de redobrar a atenção com os lances protagonizados pelo seu compatriota Hulk. "A estreia é sempre importante. Sabemos que enfrentaremos uma grande equipe. Temos que ter um cuidado especial com o Hulk, que é um jogador muito rápido e forte. Não podemos dar espaço para ele", avisou.

Além do duelo entre Porto e Shakhtar Donetsk o Grupo G ainda terá mais um confronto marcado para esta terça-feira. O Zenit, atual campeão russo, enfrentará o Apoel, do Chipre, na sua estreia nesta edição da Champions . A partida, marcada para as 15h45 (de Brasília), será realizada na casa do Apoel, o GSP Stadium.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.