Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Na despedida do técnico Bielsa, Chile vence Uruguai em amistoso

Uruguaios levaram força máxima, mas tiveram Gargano expulso no primeiro tempo e perderam por 2 a 0, gols de Sanchez e Vidal. Colômbia e Peru empataram

Gazeta Esportiva |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860481825&_c_=MiGComponente_C

Nesta quarta-feira, além de Brasil e Argentina, outro clássico sul-americano ocorreu. Na despedida do técnico Marcelo Bielsa, o Chile recebeu o Uruguai, quarto colocado da última Copa do Mundo, e venceu por 2 a 0. O comandante argentino foi ovacionado no estádio Nacional, que estava lotado para o duelo.

Fazendo jus ao fator casa, o Chile partiu para cima do rival - que jogou com a força máxima, inclusive com a dupla ofensiva formada por Diego Forlán e Luis Suárez. Apesar das investidas dos anfitriões, o gol só saiu aos 39 do primeiro tempo. Após assistência de Isla, Alexis Sanchez cortou dois adversários e mandou para o fundo das redes de Muslera.

Três minutos depois, a situação dos uruguaios piorou ainda mais. O volante Gargano deu uma entrada forte em Mark González e, como já havia recebido o cartão amarelo, foi expulso de campo.

Na segunda etapa, os uruguaios (com 'Loco' Abreu, atacante do Botafogo) bem que tentaram igualar o marcador, mas a inferioridade numérica acabou pesando. Apesar do ritmo mais ameno, os donos da casa ampliaram o placar, aos 35 minutos do segundo tempo. Vidal arriscou um chute de longe e Muslera acabou engolindo.

Com o resultado positivo, o argentino Bielsa - que já dirigiu a seleção de seu país - encerrou o ciclo na seleção chilena, iniciado em 2007. A principal relevância do treinador foi levar o país à Copa do Mundo de 2010, quando foi eliminado nas oitavas de final para o Brasil (3 a 0).

Reuters
Marcelo Bielsa foi o centro das atenções do jogo em Santiago


Colômbia
empata no final com Peru
Em outra partida entre seleções do continente, o Peru saiu na frente, com Ramirez, porém acabou cedendo o empate (1 a 1) para a Colômbia. Aos 33 minutos da seguda etapa, Nunez deixou tudo igual.

Leia tudo sobre: chilefutebol internacionaltreinadoresuruguai

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG