Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Na despedida da primeira divisão, Paraná vence Cascavel

Paraná Clube espera que o Rio Branco perca pelo menos quatro pontos no TJD-PR para não ser rebaixado

Gazeta |

O Paraná Clube se despediu da primeira divisão do Campeonato Paranaense vencendo o outro degolado da competição, o Cascavel, por 2 a 1, no Olímpico Regional. Com o resultado, o Tricolor da Vila agora tem que esperar que o Rio Branco perca pelo menos quatro pontos, a pena mínima, no TJD-PR para não cair.

Com apenas um goleiro e um jogador de linha na reserva, a Serpente já se assustou com uma lesão de Kinho logo no primeiro minuto. O atacante escorregou e caiu sobre o ombro, sendo atendido no gramado. Aos três minutos, Lima arriscou o chute de longa distância e Gustavo fez bela intervenção. Na resposta, aos sete minutos, Barbosa chutou forte e Thiago Rodrigues espalmou.

O ritmo do jogo era fraco, parecido com a campanha dos times na competição. E, mesmo em meio a dificuldade, o Cascavel ainda levava perigo, como aos 14 minutos, em uma cabeçada fulminante de Jean, raspando a trave do Tricolor. Aos 20 minutos, Kelvin armou a jogada com Packer, que se ajeitou para chutar e foi desarmado. Aos 24 minutos, de muito longe, Jean mandou para fora.

O Paraná aos poucos se encontrava no gramado, porém, ainda tinha dificuldade para criar as chances. Aos 31 minutos, Léo chutou com categoria, no cantinho, e a bola passou raspando a trave. Em cobrança de falta, aos 38 minutos, Packer quase enganou o goleiro com o quique da bola mas Gustavo se recuperou. A rede balançou aos 42 minutos, com Kinho. O lance foi anulado pelo árbitro, que anotou o impedimento.

No segundo tempo, logo no primeiro minutos, a Serpente perdeu um lance incrível. Aproveitando falha da defesa, Alan cruzou e Jean, sem goleiro, furou na cara do gol. Depois da emoção nesse momento inicial, o jogo voltou para sua temperatura média: morna. Aos sete minutos, Diego partiu para a jogada individual e, na hora do arremate, resolveu fazer uma firula e perdeu a bola.

Se a situação do Paraná já era vexatória na competição, a coisa quase se complicou ainda mais aos nove minutos. Jean cobrou falta da intermediária e Thiago Rodrigues acertou um verdadeiro peru. A bola escapou de suas mãos e entrou. Aos 12 minutos, Léo foi travado na área e ficou no chão pedindo pênalti, não marcado. Em cobrança de falta, aos 17 minutos, Packer isolou.

O Tricolor fazia uma de suas piores partidas no segundo turno, dando poucas perspectivas para o torcedor. Aos 27 minutos, Rodrigo Defendi foi expulso, deixando a equipe paranista com um jogador a menos. No entanto, Lima, aos 30 minutos, cobrou falta de fora da área e Gustavo aceitou o gol. Aos 37 minutos, Renato cabeceou por cima da meta e não conseguiu virada. No apagar das luzes, aos 47 minutos, Rafael Vaz, de cabeça, decretou a vitória do Paraná.

Leia tudo sobre: ParanáCascavelcampeonato paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG