Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Na Bombonera, Flu tenta encerrar invencibilidade do Boca Juniors

Equipes se enfrentam pela segunda rodada da Copa Libertadores. Time argentino não perde há 36 jogos

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

O encontro não é decisivo. A partida ainda é válida pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, mas o duelo entre Fluminense e Boca Juniors, nesta quarta-feira, às 22h, na Bombonera, pode ser emblemático para o time carioca. Vencer o grande algoz dos times brasileiros na última década, na casa do adversário, famosa pela pressão da torcida, e encerrar uma invencibilidade de mais de 30 jogos do time 'xeneize' pode significar mais que apenas os três pontos.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Após estrear com vitória de 1 a 0 sobre o Arsenal de Sarandí, o time das Laranjeiras se mantém no segundo lugar no grupo 4 da Taça Libertadores, com três pontos. O Boca Juniors, que apenas empatou em 0 a 0 com o Zamora, da Venezuela, aparece na terceira colocação, com um ponto. Por isso, do ponto de vista da classificação, a vitória para o time argentino é mais importante. E o retrospecto recente do grupo deixa a torcida confiante.

Leia mais: Flu terá pela frente Boca envelhecido, mas invicto há 36 jogos

Invicto há 36 jogos, com 21 vitórias e 15 empates, o Boca Juniors tropeçou pela última vez no dia 10 de abril de 2011, para o Lanús, durante o Apertura. A defesa do time xeneize também segue batendo recordes. Não sofreu nenhum gol nas primeiras quatro rodadas do Clausura 2012 e tem na firmeza do setor, aliada ao apoio da torcida, seu principal trunfo.

Nelson Perez/Fluminense F.C.
Fluminense tentará quebrar marca de 36 jogos sem derrota do Boca Juniors

Veja mais: Thiago Neves sente a coxa em treino, mas não preocupa o Flu

Para o atacante uruguaio Santiago Silva, o Boca Juniors precisa encurralar o Fluminense. Os pontos em casa são vistos como essenciais para o jogador, que ainda não marcou com a camisa azul e amarela desde que foi contratado, no início do ano.

“Joguei duas vezes, pelo Gimnasia. Vencemos em casa e empatamos no Brasil. São equipes que jogam futebol, tentam sempre sair jogando. De todas as formas, acho que vamos pressioná-los para se fecharem atrás. É uma equipe grande e venceu por 3 a 0 (o Nova Iguaçu) no fim de semana. É uma partida para ganhar. Os jogos em nossa casa temos de ganhar", declarou ao 'Diário Olé'.

Veja também: Para ex-Boca, triunfo do Flu deve passar por boa atuação de Deco

Pelo Fluminense, além do título da Taça Guanabara e do bom momento em campo, a equipe se apoia no bom histórico contra o Boca. O time das Laranjeiras eliminou os 'xeneizes' nas semifinais em 2008 com um empate por 2 a 2 no estádio Juan Domingo Perón (a Bombonera estava fechada para reformas) e vitória de 3 a 1 no Maracanã. O meia Thiago Neves e o goleiro Ricardo Berna são os remanescentes daquelas partidas.

Leia mais: Schiavi volta a sentir lesão no joelho e não enfrenta o Flu

"Nós vamos em busca de uma vitória, apesar de sabermos da qualidade do Boca Juniors. Em 2008 o nosso adversário foi eliminado e hoje sabe que vai enfrentar um time que é forte dentro e fora do Rio de Janeiro. Eles nos respeitarão mais, o que tornará o confronto bem mais complicado. Por isso mesmo temos que ser corajosos na luta pelos três pontos", analisou Thiago Neves.

EFE
Após perder na estreia, Boca Juniors de Riquelme (foto) tenta se recuperar contra o Flu
Confira a página do Boca Juniors no iG Esporte

O Fluminense terá dois desfalques para o duelo. Na zaga, suspenso por ter sido expulso contra o Arsenal de Sarandí, Leandro Euzébio dará lugar a Digão. No meio campo, ainda em fase final de recuperação de uma pancada no pé, Edinho segue fora, com Valencia atuando ao lado de Diguinho. Wagner, também suspenso por ter levado o vermelho na estreia, está fora, mas seria reserva mesmo que tivesse condições de jogo.

Veja também: Revelado no River, Lanzini pede marcação especial em Riquelme

O meia Thiago Neves deu um susto no último treino, sendo poupado da fase final do recreativo com dores na coxa, mas segundo os médicos do clube, o problema não é grave e ele deve entrar em campo nesta quarta-feira.

O Boca Juniors terá o desfalque do experiente zagueiro Schiavi, de 39 anos. O jogador, que não entra em campo há 15 dias, voltou a sentir dores no joelho no treino da terça-feira e acabou vetado pelo departamento médico. Com isso, Caruzzo segue entre os titulares. O outro problema do técnico Falcioni está no ataque. Cvitanich, com uma lesão na coxa, dará lugar a Pablo Mouche.

FICHA TÉCNICA - BOCA JUNIORS X FLUMINENSE

Local: La Bombonera, em Buenos Aires (Argentina)
Data: 7 de março de 2012 (Quarta-feira)
Horário: 22h(de Brasília)
Árbitro: Carlos Amarilla (Paraguai)
Assistentes: Carlos Cáceres (Paraguai) e César Franco (Paraguai)

BOCA JUNIORS: Agustín Orión, Facundo Roncaglia, Insaurralde, Caruzzo e Clemente Rodríguez; Diego Rivero, Leandro Somoza, Walter Erviti e Riquelme; Pablo Mouche e Santiago Silva
Técnico: Julio Cesar Falcioni

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Digão, Anderson e Carlinhos; Valencia, Diguinho, Deco e Thiago Neves; Wellington Nem e Fred
Técnico: Abel Braga

Ajude o time do Fluminense a subir no ranking da Torcida Virtual

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG