Auxiliar admite que não cumpriu a determinação do comandante, mas acha que resultado foi injusto

Substituo de Luiz Felipe Scolari, que viajou para Portugal para assistir o casamento de seu filho, Flávio Murtosa tinha a dura missão diante do Fluminense de recolocar o Palmeiras no caminho das vitórias. No entanto, o fiel escudeiro de Felipão não conseguiu. Chateado com a derrota por 2 a 1 para o atual campeão brasileiro, o auxiliar técnico se desculpou com o comandante.

Veja a classificação atualizada

“Fui mal. Fui infeliz. Não cumpri a determinação do Felipão de ganhar o jogo. Todos nós fazemos uma perspectiva de ter sucesso. Estamos tentando de todas as maneiras, mas, infelizmente, hoje não deu certo”, explicou Murtosa.

Na décima-segunda colocação com 41 ponto e cada vez mais distante da zona de classificação da Libertadores, Murtosa reconhece o momento complicado da equipe na competição, mas se recusa a jogar a toalha.

“Precisamos trabalhar. Não adianta crucifixar a, b ou c. A situação não é boa. Gostaríamos de estar numa situação melhor. Temos de assumir a responsabilidade e sair dessa situação incômoda”, comentou o auxiliar técnico, que achou o resultado injusto.

“O jogo de hoje foi uma infelicidade. Não fomos muito bem nos primeiros 30 minutos, mas mudamos a postura e fomos melhores no segundo tempo”, acrescentou.

Entre na torcida virtual do Palmeiras e opine sobre o jogo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.