Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Muro do Botafogo amanhece pichado pedindo saída de presidente

Frases foram rapidamente apagadas por funcionários do clube. Clima entre torcida e diretoria é hostil

iG Rio de Janeiro |

O clima hostil entre torcida e Botafogo continua, após a equipe ser eliminada do Campeonato Carioca e da Copa do Brasil. Na manhã desta quarta-feira, muros da sede do clube, em General Severiano, amanheceram pichados com as frases 'Queremos títulos', 'Fora Assumpção', em referência ao presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, 'Começou o inferno', além de pedidos de saída do vice de futebol, André Silva, e do gerente de futebol, Anderson Barros.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

As frases já foram apagadas por funcionários do clube. O Botafogo reforçou a segurança em General Severiano, já que no último sábado, integrantes de uma torcida organizada protestaram e quase agrediram Maurício Assumpção. A polícia precisou ser chamada para dispersar o grupo. No desembarque do time, na última quinta-feira, cerca de 12 integrantes de uma torcida organizada xingaram e hostilizaram os jogadores no aeroporto internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro.

Novas manifestações são esperadas para os próximos dias, combinadas em redes sociais. O Botafogo só voltará a jogar no próximo dia 22 de maio, contra o Palmeiras, pela estreia do Campeonato Brasileiro.

Leia tudo sobre: botafogocampeonato brasileiro 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG