Goleiro do Inter não vê vantagem do rival por Celso Roth conhecer o grupo onde trabalhava até abril

Há menos de três dias o Inter levantava a taça de campeão da Recopa 2011 . Mas os jogadores sabem que nem por esse feito terão menor cobrança no jogo seguinte, ainda mais se tratando de um Gre-Nal. O goleiro Muriel acha que já é hora de esquecer a última vitória e se concentrar no jogo deste domingo, 16h, no estádio Olímpico.

“A conquista da Recopa já passou. Não temos muito tempo. Como numa derrota, temos que esquecer. É quarta e domingo. Temos que esquecer o que passou e aproveitar o que fizemos certo e usar no próximo jogo, e corrigir os erros para pôr em prática o que deve ser melhorado”, disse.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

Os jogadores do Inter vão encontrar um velho conhecido: Celso Roth, que comandou o time até o mês de abril. Mesmo assim, Muriel não vê vantagem para o rival.

“Também acompanhamos os jogos do Grêmio. Ele conhece o nosso grupo, mas não influencia. Ambos se estudam. Temos que estar ligados para fazer um bom jogo”, avaliou.

O Inter não tem muito mistério para o clássico. O técnico Dorival júnior havia deixado apenas uma dúvida entre Tinga ou Bolatti, mas acabou decidindo pelo brasileiro .

D´Alessandro, lesionado, e Nei e Guiñazu, suspensos, são os desfalques recentes. Muriel; Glaydson, Bolívar, Índio e Kléber; Élton, Tinga, Oscar e Andrezinho; Dellatorre e Leandro Damião são os 11 jogadores que vão a campo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.