Com frases curtas, treinador reconheceu que o Santos jogou mal na derrota para o Vasco por 2 a 0

null

Após a derrota do Santos diante do Vasco por 2 a 0 nesta quarta-feira, em São Januário , pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Muricy Ramalho não disparou contra os repórteres, como fez depois das derrotas para Flamengo e Atlético-PR . Entretanto, o bom-humor do treinador não voltou, e Muricy falou pouco ao explicar a terceira derrota consecutiva.

Além de responder a maioria das perguntas com frases curtas, o técnico santista evitou desculpas ao explicar a terceira derrota consecutiva no Brasileiro, e admitiu que seu time foi dominado pelo Vasco.

Entre para a Torcida Virtual do Santos ou do Vasco e convide seus amigos

“Futebol não é fácil como as pessoas pensam. Não jogamos igual as outras vezes e perdemos. As outras derrotas perdemos jogando bem, agora não foi o caso. Mas o que se falar agora é desculpa”, disse Muricy.

Siga o iG Santos no Twitter e receba notícias do time em tempo real

Questionado sobre a falta de opções no banco de reservas, o treinador foi “seco” na resposta. “Não, não fala opção”, disse.

O treinador novamente demonstrou irritação ao ser questionado sobre uma possível falta de marcação no meio-campo. “Futebol é assim, sempre questionam sobre marcação. Como eu sou o técnico, tenho que fazer o que eu acho”, declarou.

O Santos sofreu três derrotas nas últimas três rodadas – Flamengo, Atlético-PR e Vasco. O sistema defensivo preocupa o treinador, pois a equipe santista levou dez gols em três jogos. Na próxima rodada, o time de Muricy enfrenta o Ceará, no domingo, no estádio do Pacaembu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.