Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Muricy Ramalho diz que salário atrasado motivará Once Caldas

Para o treinador, o problema enfrentado pela equipe colombiana deve dificultar o Santos nesta quarta

Samir Carvalho, enviado iG a Manizales |

O técnico Muricy Ramalho comentou sobre o atraso de salários no elenco do Once Caldas, adversário do Santos nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no estádio Palogrande, em Manizales, na Colômbia, pelas quartas de final da Copa Libertadores da América. O treinador acredita que o time colombiano entrará em campo ainda mais motivado, para convencer a diretoria a pagar a divida com o elenco

“É mais motivação, se ele [Once Caldas] não jogar bem é pior. Eles precisam mostrar trabalho para depois pedir. Os jogadores têm família, contas a pagar. Tem que jogar e ganhar. É lamentável, mas é um problema do Once Caldas. Alguns times da Colômbia passam por isso, não sabemos o motivo, mas de longe sabemos que alguns times tem dificuldades”, afirmou Muricy.

null A diretoria do Once Caldas possui uma divida de US$ 4,5 milhões (R$ 7,2 milhões) . Para jogadores e comissão técnica, o clube deve US$ 1,3 milhão (R$ 2 milhões). Enquanto os atletas não recebem salários há três meses, o treinador Juan Carlos Osório, não recebe do clube há seis meses.

O atacante Renteria disse que a promessa da diretoria é que o pagamento seja feito nesta sexta-feira. "Mas o time todo está preocupado em fazer um grande jogo, independentemente desta crise", disse o jogador colombiano.


 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG