Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Muricy ignora possível revanche no Mundial e enaltece o Barcelona

Treinador do Santos afirma que, mesmo sendo derrotados em 2011, elenco santista se tornou fã do futebol dos catalães

Gazeta |

Newscom
Goleada sofrida no Mundial não desperta sentimento de vingança em Muricy
No final do ano passado, o Barcelona bateu o Santos por 4 a 0 no Japão e se sagrou campeão do Mundial de Clubes da Fifa. Mas a derrota sofrida na decisão do torneio parece não ter diminuído a admiração santista pelos catalães. Tanto que o treinador Muricy Ramalho prefere não projetar uma possível revanche contra o Barça e, ainda por cima, enalteceu a qualidade do time espanhol.

Leia também: Guardiola minimiza ausência de Thiago Silva e destaca força do Milan

"Por incrível que pareça, nós gostamos de ver o Barcelona jogar. A vitória deles no ano passado foi merecida, levamos uma 'aula de futebol'. Só que ficamos fãs deles", contou Muricy, em entrevista à Rádio Estadão/ESPN.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Sobre a possibilidade de os alvinegros levantarem novamente a taça da Copa Libertadores da América e encontrarem o Barcelona, caso os catalães vençam de novo a Liga dos Campeões da Europa, no Mundial de Clubes, Muricy Ramalho não acredita que um confronto entre as duas equipes seria tratado como uma revanche.

Confira ainda: Para Arouca, Santos pode tirar proveito de marcação sobre Neymar

“Gosto de ver o Barcelona como todo mundo. Não tem nada a ver essa hipótese de uma revanche, se a gente se encontrar. Não existe esse sentimento. Foi um prazer encontrá-los e disputar uma final contra um super time. Eles foram muito superiores. Além disso, o trabalho do Barcelona é fantástico e só temos a aprender com eles”, destacou o técnico.

E mais: Santos quer aumentar elenco e inscrever Bernardo na Libertadores

Enquanto o Santos busca o quarto título de Libertadores de sua história, no ano do centenário do clube, o Barça inicia diante do Milan (Itália), nesta quarta-feira, em Milão, a disputa das quartas de final da Liga dos Campeões, em busca de chegar a mais uma final do torneio.

E ainda: Santos lança filme do centenário se intitulando berço do futebol-arte

“De um lado temos um time que é o melhor do mundo, o Barcelona, e do outro um que tem vários brasileiros. Quem ganha com isso somos nós, que vamos ter o prazer de ver Milan e Barcelona. Vai ser um grande jogo”, encerrou o comandante santista.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG