Victor Andrade, que marcou dois gols na Copinha, tem o maior salário e a maior multa rescisória da base

O técnico Muricy Ramalho reprovou o astro da base do Santos , o atacante Victor Andrade, e promoveu apenas dois jogadores que disputaram a Copa São Paulo de Juniores deste ano: o meia Pedro Castro e o lateral-esquerdo Paulo Henrique. Andrade, que marcou dois gols na Copinha, tinha esperanças de subir ao elenco profissional, mas foi ignorado por Muricy.

O atacante Victor Andrade marcou dois gols na Copa São Paulo de Futebol Junior de 2012
Futura Press
O atacante Victor Andrade marcou dois gols na Copa São Paulo de Futebol Junior de 2012

Victor Andrade chegou a ser especulado para fazer parte da lista de atletas que defenderam o Santos no Mundial de Clubes da Fifa, no Japão. O atacante é considerado o novo astro da base santista, e possui uma multa rescisória de 50 milhões de euros (cerca de R$ 117 milhões).

Além disso, Andrade recebe R$ 30 mil de salário, o mesmo ordenado do volante Adriano, que foi titular da equipe principal em todos os jogos da Copa Libertadores da América.

Assim como Victor Andrade, o meia Pedro Castro marcou dois gols na Copa São Paulo. Já Paulo Henrique foi o capitão do time na Copinha, e responsável direito por quatro dos 17 gols do Santos na competição, com assistências.

Paulo Henrique é o segundo lateral-esquerdo promovido das categorias de base do Santos nesta temporada. Antes dele, Emerson de 17 anos foi elevado ao profissional, e estreou como titular no empate entre Santos e XV de Piracicaba, no último sábado, no interior paulista.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.