Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Muricy faz mistério e não confirma volta de Conca como titular

Apesar de inscrito na Federação do Rio de Janeiro, Araújo ainda depende da liberação do Catar para estrear.

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Como Muricy Ramalho tem por hábito falar somente às sextas-feiras e Conca não deu às caras na sala de imprensa Nelson Rodrigues nesta quarta-feira, o mistério em torno da escalação do Fluminense para a partida contra o Duque de Caxias continua nas Laranjeiras. Sem treinos táticos ou coletivos durante a semana, o treinador não deu qualquer pista da equipe que irá a campo nesta quinta-feira, às 19h30, pela quinta rodada da Taça Guanabara.

Apesar de Muricy ter dito na véspera do jogo contra a Cabofriense que Conca voltaria ao time gradativamente, o argentino atuou por 45 minutos domingo passado e ajudou o Fluminense a vencer, de virada, por 4 a 2, após 33 dias parado.

Se Muricy não apareceu para confirmar a escalação do craque, a imprensa tentou apelar para Carlinhos, mas o lateral-esquerdo preferiu se esquivar.

“Ainda não sei o que vai acontecer. Se eu escalar o Conca, o Muricy vai me derrubar (risos). O Conca é um grande jogador e esperamos que ele volte logo ao ritmo ideal”, disse Carlinhos.

Além da expectativa do retorno de Conca como titular, as outras dúvidas que pairam no ar são em relação às escalações de Gum, que desfalcou o time contra a Cabofriense com um problema no púbis, e a estreia de Araújo, já confirmada por Muricy Ramalho há duas rodadas caso a documentação do atacante fosse regularizada a tempo.

Enquanto o primeiro deve voltar normalmente ao time, já que o zagueiro foi apenas poupado no último domingo e participou normalmente dos treinos de terça e quarta-feira, Araújo deve ter sua estreia adiada mais uma vez. Embora já esteja inscrito na Federação do Rio de Janeiro, o atacante só terá condições de entrar em campo quando a liberação por parte da Federação do Catar chegar.

Vice-líder do Grupo B da Taça Guanabara, com os mesmos 12 pontos do Botafogo, mas com saldo de dois gols a menos, o Fluminense deve jogar com Diego Cavalieri; Mariano, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Diguinho, Souza e Conca (Rodriguinho); Fred e Tartá (Araújo).
 

Leia tudo sobre: FluminenseConcaMuricy Ramalho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG