Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Muricy evita críticas aos reservas e vê Mogi superior

"É normal, eles não têm entrosamento e, como disputam poucas partidas juntos, sentem mesmo", declarou o treinador após a derrota

Gazeta |

A derrota para o Mogi Mirim , neste sábado, no Estádio Romildão, pôs fim à série de sete vitórias seguidas do Santos no Campeonato Paulista . Mas o técnico Muricy Ramalho evitou críticas ao desempenho do time reserva, escalado pelo fato de o treinador ter dado um descanso aos titulares neste final de semana, visando ao duelo com o Juan Aurich, na próxima quinta-feira, em Chiclayo, no Peru, pela Copa Libertadores da América.

Veja também: Com reservas, Santos tem sequência positiva quebrada pelo Mogi

Curto e objetivo em suas respostas, o treinador santista acredita que o revés para o Sapão pode ser considerado um resultado natural diante das circunstâncias. "É normal, eles não têm entrosamento e, como disputam poucas partidas juntos, sentem mesmo. Não dá para cobrar muito deles", afirmou.

Veja a classificação do Campeonato Paulista

Para Muricy Ramalho, o Mogi fez uma grande exibição e mereceu a vitória, de virada, sobre o Peixe, vice-líder do Estadual. "O Mogi Mirim foi superior à gente durante todo o jogo. Eles mereceram o resultado. O Santos não jogou bem", ponderou.

Indagado se poderia tirar aspectos positivos da derrota para o Sapão, como algum jogador que possa ter se destacado individualmente, o comandante alvinegro foi lacônico na sua avaliação. "Observação a gente faz internamente e não passa para vocês (jornalistas)", concluiu Muricy.

Leia tudo sobre: santosmogi mirimcampeonato paulista 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG