Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Muricy espera por Washington mas mantém mistério

Treinador praticamente descarta Fred mas não revela quem joga no ataque que enfrenta o Vasco

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

O mistério continua nas Laranjeiras. No treino desta sexta-feira poucas  pistas foram dadas pelo técnico Muricy Ramalho sobre o ataque que enfrenta o Vasco no próximo domingo, às 19h30, no Engenhão , pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.  Com poucas cartas na manga para o setor, o treinador comandou um coletivo entre os reservas e o time sub-23 que não contou com as presenças de Fred e Washington. O primeiro, participou de uma atividade física leve com os demais titulares, já o segundo, com uma lesão acromioclavicular no ombro direito, ficou do lado de fora fazendo tratamento mas tem boas chances de jogar.

Eu confio em todos os jogadores do meu grupo, mas cabe a mim dar uma força a mais quando alguém está precisando, como é o caso do Washington. Tenho muito tempo até domingo para definir a equipe e vou esperar por ele até o último momento. Já o Fred está entregue ao departamento físico e como tem trabalhado muito forte em dois períodos o treino desta manhã era só para ele soltar a musculatura. Dosamos o trabalho para que ele possa treinar à tarde, explicou Muricy, praticamente descartando a presença do atacante contra o Vasco.

Mas não foi só sobre o ataque que Muricy escondeu o jogo. Apesar de elogiar o colombiano Valencia durante a entrevista coletiva, o treinador não confirmou a participação do volante em campo no lugar do titular Diguinho, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Internacional.

São jogadores parecidos na marcação, mas bem diferente na saída de bola. Enquanto o Valencia tem uma pegada maior na marcação e conhece muito da posição, o Diguinho sai mais para o jogo e tem um passe melhor. Mas ainda temos sábado e domingo para resolver quem joga no lugar do Diguinho, despistou o treinador, que ainda conta com Tiaguinho e Belletti  como opções.

Sem saber ainda com que time vai enfrentar o Vasco, Muricy deixou claro que não tem preferência por nenhum esquema tático e afirmou que infelizmente ainda não conseguiu colocar em campo o time que ele tem na cabeça.

Eu sempre ponho em campo o que tenho de melhor. Não adianta eu querer inventar. E não tenho preferência por esquemas táticos. Eu escolho aquele de acordo com os jogadores que tenho a disposição no momento. Infelizmente eu ainda não tive os principais jogadores à disposição para fazer o time jogar como eu gostaria, disse Muricy.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofluminensefutebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG