Técnico do Santos diz que ajudou o jovem atacante a driblar a insdisciplina no gramado

O talento do atacante Neymar impressiona o técnico Muricy Ramalho . Em entrevista à TV Gazeta, o comandante santista afirmou que o jovem camisa 11 do time praiano e da seleção brasileira tem condições de se tornar o melhor jogador do mundo e ousou ao dizer que o garoto está no mesmo nível de Zico, craque que brilhou na década de 80 pelo Flamengo .

"Não dá para comparar com Pelé, mas acho que ele está no nível de um Zico, desse pessoal aí. Neymar é diferente, é um cara raro. Às vezes ele faz coisas no treino que a gente não acredita", derreteu-se Muricy, que se considera responsável por corrigir um dos defeitos que o atacante apresentava em um passado recente: a indisciplina dentro do gramado.

"O Neymar se jogava muito, reclamava muito com os árbitros e brigava com os adversários. Hoje ele está ficando mais em pé e falando menos. Ele está mais concentrado naquilo que deve fazer", analisou o técnico, que também pediu para o jogador diminuir o número de dribles no meio-campo. "Ali é região de transição, é um risco desnecessário".

Driblar, sim, mas no lugar certo. "Não pode querer tirar dele o que tem de melhor, que é o drible. O improviso dele é diferente. Hoje, quem faz o que ele faz no Brasil? No mundo, só o Messi", discursou, antes de dizer que o jovem ainda está devendo quando o assunto é seleção brasileira e que há um longo caminho até que o título de melhor do mundo vire realidade.

"Acho que na seleção ele fica um pouco preso. Contra a Venezuela ele deu dois chutes no gol e fez o óbvio, que não é normal nele. Talvez ele respeite muito os caras (jogadores) lá", disse. "Fundamento para ser o melhor do mundo ele tem. Ainda não. Está muito longe, mas acho que ele pode chegar nesse ponto", opinou o treinador do Santos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.