Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Muricy elogia Berna e comemora empate contra Inter

Diguinho leva terceiro cartão amarelo e desfalca Fluminense no clássico do próximo domingo, contra o Vasco

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861822123&_c_=MiGComponente_C

Após ficar fora de 14 partidas do Campeonato Brasileiro por lesão, o volante Diguinho recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Internacional e mais uma vez desfalcará o Fluminense no clássico do próximo domingo, contra o Vasco, às 19h30, no Engenhão, pela 34ª rodada. Embora o técnico Muricy Ramalho ainda não tenha confirmado, o colombiano Valencia, que entrou no segundo tempo no lugar de Fernando Bob, deverá ser seu substituto. Belletti, que também entrou nesta quarta-feira no finalzinho da partida, é a outra opção.

Apesar de chateado por não poder enfrentar o Vasco domingo, Diguinho considerou excelente o empate sem gols fora de casa contra o Internacional. "É claro que queríamos ter conquistado mais uma vitória, mas esse pontinho contra o campeão da Libertadores foi muito importante e pode ser considerado um resultado positivo. Jogar aqui é muito difícil, o Inter tem um dos melhores elencos do Brasil e foi muito importante arrancar mais um pontinho na luta pelo título brasileiro", explicou Diguinho.

Muricy comemora empate fora de casa

Ainda sem poder contar com alguns de seus principais jogadores, o técnico Muricy Ramalho concordou com Diguinho e comemorou o empate sem gols em Porto Alegre. Para o comandante do Fluminense, apesar do maior volume de jogo do Internacional o resultado acabou sendo justo. "Eu acredito que assim como no ano passado o campeonato só vai ser decidido nas últimas rodadas. Portanto, qualquer pontinho pode fazer a diferença lá na frente. Principalmente jogando com tantos desfalques e sendo obrigado a mexer na equipe em quase todas as partidas como tem acontecido com a gente", afirmou Muricy, que fez questão de elogiar o desempenho de Ricardo Berna.

"Nos meus times, quem escala os goleiros sou eu e achei que o Berna vinha trabalhando forte e merecia uma chance. Chamei nosso preparador de goleiros e disse que o daria uma oportunidade. Acho que com essa atuação ele provou que eu tomei a decisão certa. Afinal, os outros dois goleiros já tinham jogado bastante e o Berna fez por merecer sua oportunidade", afirmou o treinador.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofluminense

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG