Tamanho do texto

Equipe da Vila Belmiro criou muitas chances e foi ajudada pela atuação primorosa de Paulo Henrique Ganso

Ganso fez grande partida neste sábado
AE
Ganso fez grande partida neste sábado
A vitória por 3 a 1 sobre o Mirassol deixou o Santos na quinta posição do Campeonato Paulista e animou o técnico Muricy Ramalho . Mais importante do que o resultado foi o futebol envolvente e as oportunidades repetidamente criadas pela equipe conduzida pelo maestro Paulo Henrique Ganso .

Leia mais:  Santos vence o Mirassol por 3 a 1 com grande atuação de Juan e Ganso

Na visão do treinador, sua equipe já está pronta para o Estadual e também para a Copa Libertadores, competição na qual estreou com uma derrota por 2 a 1 diante do boliviano The Strongest , em La Paz: "O chato no futebol é não criar oportunidades. O time está rápido, criando muito, voltando a jogar o que jogava, e acredito que esteja pronto para 2012".

O Santos venceu o Mirassol com gols marcados pelo lateral estreante Juan, no início do primeiro tempo, por Borges em cobrança de pênalti, logo no início da etapa complementar e por Edu Dracena, de cabeça. O Mirassol, agora 13º colocado no Estadual, descontou com Preto.

"A gente está melhorando pouco a pouco. Esse tanto de oportunidades criadas não é à toa, é o futebol que todo mundo gosta, que todo mundo está acostumado a ver o Santos jogar. Hoje fomos para cima e sofremos muito pouco, porque o time estava compacto e com a marcação muito encaixada. Não demos espaço para o Mirassol. O objetivo é esse: marcar muitos gols e sofrer o mínimo possível", analisou Muricy Ramalho após a partida.

O Santos volta a campo pela Libertadores no dia 8 de março, na Vila Belmiro, quando enfrenta o Internacional . Pelo Paulistão, entretanto, os comandados de Muricy jogam na Quarta-Feira de Cinzas, às 19h30 (de Brasília), na Arena Barueri, contra o Comercial.