Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Muricy crítica altos salários pedidos por Zé Roberto e Diego

Treinador não se ilude com o discurso dos atletas, que costumam falar da vontade de voltar ao clube

Samir Carvalho, iG Santos |

O técnico Muricy Ramalho não se ilude com as recentes declarações dos meias Zé Roberto e Diego. Segundo o treinador, o fato dos ex-jogadores do Santos falarem que pretendem voltar ao time da Vila Belmiro não ajuda para concretizar as negociações. Isso porque, os próprios jogadores contrariam o discurso ao exigirem do Santos altos salários para voltar ao clube.

Entre para a Torcida Virtual do Santos e convide seus amigos

“Vejo a vontade deles (Zé Roberto e Diego) de jogarem aqui, tudo isso. Só que vocês esquecem de algumas coisas: o que eles pedem?. Todo mundo quer vir jogar no Santos, mas na hora que falam o que querem a situação se modifica. E o bolso como fica? Não é fácil assim. Esse é o lado da história que os jogadores não contam para vocês. É tudo bonito, eu amo vocês, amo o Santos, aquela coisa”, ironizou Muricy.

Apesar da crítica ao pedido financeiro dos atletas, Muricy acredita que o retorno de jogadores identificados com o clube ajuda na adaptação ao time. “Nasceu aqui, jogou aqui (Diego). Isso é importante, pois conhece mais a camisa, a torcida. Além de ser um grande jogador, é da casa”, disse Muricy sobre Diego.

O treinador, inclusive, utilizou como exemplo o retorno de Robinho na temporada passada. O atleta estava na reserva do Manchester City quando voltou por empréstimo ao Santos. Após conquistar o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil pelo Santos, Robinho defendeu a seleção brasileira na Copa do Mundo, e se transferiu para o Milan, da Itália.

Getty Images
Zé Roberto deixou o Hamburgo, da Alemanha
“É outro craque que voltou, nessa volta dele, jogou muito mais que jogou no Milan. Se voltar novamente, realmente será legal, pois será importante”, disse.

Siga o Twitter do iG Santos e receba as notícias do seu time em tempo real

Apesar de falar sobre Diego, Zé Roberto e Robinho, o técnico santista só acredita no retorno dos atletas caso o Santos negocie suas estrelas atuais, como Neymar e Paulo Henrique Ganso.

“Queremos jogadores de nível alto assim mesmo. Só que se você contratar agora, e de repente os atletas que estão aqui não saem fica complicado na parte econômica. Ainda vamos encontrar uma saída”, disse Muricy.

O meia Diego entrou em rota de colisão com a comissão técnica do Wolfsburg, da Alemanha. No entanto, a multa rescisória do atleta é considerada alta para os padrões dos clubes brasileiros: cerca de 10 milhões de euros (R$ 22,6). Já Zé Roberto rescindiu contrato com o Hamburgo, da Alemanha, e está sem clube.

Leia tudo sobre: santosmuricy ramalhodiegozé robertoalemanhamercado

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG