Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Mundialito é cancelado, e Marta jogará só amistosos e um torneio pelo Santos

Empresa que organizava a competição só conseguiu acertar com um clube do exterior, o Umea, da Suécia

Samir Carvalho, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860312407&_c_=MiGComponente_C

O Santos acertou na última sexta-feira a contratação de Marta, que ficará por empréstimo no clube por três meses. A ideia dos dirigentes santistas era trazer a melhor jogadora do mundo nos últimos quatro anos (segundo premiação da Fifa), para disputar um Mundialito de clubes em janeiro de 2011. No entanto, a empresa que estava organizando a competição só conseguiu acertar com um clube do exterior, o Umea, da Suécia, e o Mundialito foi cancelado.

Desta forma, a mesma empresa decidiu organizar um torneio em Campo Grande-MS, que além do Santos e da equipe sueca, ex-clube de Marta no futebol europeu, contará com a participação de Palmeiras e Foz da Iguaçu-PR. Como os clubes de outros países estão de férias, os empresários desistiram de organizar o Mundialito.

No último final de semana, ainda após o acerto de Marta com o Santos, a empresa esperava a confirmação de um clube americano, que recusou o convite. Desta forma, Marta receberá cerca de R$ 150 mil de salário e jogará poucas partidas pelo Santos, já que a atleta defenderá a seleção brasileira em dezembro.

Além do torneio em Campo Grande, o Santos realizará alguns amistosos para explorar a imagem de Marta e obter lucros. O salário da jogadora será pago por um patrocinador.

Teremos patrocinadores responsáveis pelo pagamento do salário da jogadora, e empresas que vão cuidar da realização de amistosos com o time do Santos no período em que a Marta estiver aqui. Já está tudo certo, afirmou o diretor de futebol feminino do Santos, Murillo Barletta.

Santos nos Estados Unidos em 2011
Além de fechar com Marta, o Santos espera levar seu time para disputar a Liga de Futebol Feminino dos Estados Unidos na próxima temporada. A ideia dos dirigentes santistas e do departamento de marketing, que estão cuidando das negociações, é fechar uma parceria com algum clube americano.

Nós temos uma oportunidade boa de jogar a Liga de Futebol Feminino dos Estados Unidos já em 2011. O departamento de marketing está cuidando disso, mas estamos enfrentando problemas, o principal é que a Liga só aceita a participação de cinco jogadoras estrangeiras por clube. Então não poderíamos levar nosso time inteiro, revelou Barletta.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofutebolsantos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG