CBF acatará decisão. Camisas de clubes, que de início seriam proibidas, foram liberadas, mas orientação é trajar verde e amarelo

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) recebeu notificação do Ministério Público Estadual pedindo a proibição de que torcedores entrem no Pacaembu nesta terça-feira, no amistoso entre Brasil e Romênia, com camisas de torcidas organizadas. O jogo também marcará a despedida do atacante Ronaldo , que jogará por 15 minutos. A CBF vai acatar a decisão.

Num primeiro momento, o promotor Paulo Castilho pretendia proibir também a entrada com camisas de clubes, mas voltou atrás. “É para evitar confronto. Orientamos a entrar somente com camisas da seleção, bandeiras do Brasil. É mais sensato, não?”, disse ao iG Castilho.

No ofício, pede-se que evite camisas de clubes, mas os torcedores poderão entrar no estádio – bandeiras e faixas de organizadas estão na lista de proibição. Na partida de sábado, em Goiânia, foi permitida a entrada de uniformes de clubes e não houve incidentes . Os telões, inclusive, mostravam faixas e camisas de diversos clubes, o que gerava vaias, gritos, palmas e descontração antes da partida.

Ronaldo faz no Pacaembu seu último treino com a seleção. Veja fotos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.