Fiscal do Ministério Público decretou que o Monumental de Nuñez fique fechado para investigações dos incidentes deste domingo

Um fiscal do Ministério Público Fiscal da Argentina decretou o fechamento provisório do estádio Monumental de Nuñez neste domingo. A medida foi tomada para que investigações ocorram no local. O objetivo é apurar os motivos dos incidentes registrados após o jogo entre River Plate e Belgrano, quando torcedores do clube de Buenos Aires depredaram um prédio e tentaram invadir o campo . Pelo menos 65 pessoas ficaram feridas.

O estádio do River Plate receberá a final da Copa América. Segundo a assessoria de imprensa do evento, a medida das autoridades argentinas não deve afetar o torneio, já que a decisão acontecerá no dia 24 de julho. A organização do evento acredita que até lá o problema será resolvido.

Um dos questionamentos levantados pelo Ministério Público Fiscal diz respeito ao número de pessoas que assistiram ao jogo deste domingo, que decretou a queda do River Plate para a segunda divisão da Argentina. “É possível que tenham entrado mais torcedores que o que é autorizado”, afirmou o fiscal do MP argentino, Gustavo Galante, em entrevista a rede de televisão TN. Cerca de 52 mil pessoas foram ao Monumental de Nuñez ver a decisão.

As investigações no estádio deverão iniciar nesta segunda-feira.

Desespero e violência marcam rebaixamento do River. Veja as fotos


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.