Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Mourinho quer prêmio de técnico do ano

Português afirmou que merece mais do que Del Bosque, que venceu a Copa, o prêmio concedido pela Fifa

Gazeta |

O português José Mourinho não é, sabidamente, modesto. Sempre exaltando seus próprios feitos, o técnico do Real Madrid acredita que merece vencer a o prêmio de melhor técnico do ano Fifa irá passar a entregar nesta temporada aos técnicos.

O português não concorda com quem diz que o espanhol Vicente Del Bosque, vencedor da Copa do Mundo à frente da Fúria em 2010, mereça mais o troféu do que ele.

"Eu fiz minha escolha, foram 11 meses de trabalho, com 57 partidas jogadas, três títulos conquistados, incluindo o mais importante de todos, a Copa dos Campeões da Europa. Eu ganhei tudo. Eu não podia fazer nada mais do que isto e nem os jogadores", avaliou Mourinho, em entrevista ao jornal italiano Gazzetta dello Sport.

O treinador do Real também cutucou um de seus rivais do Barcelona, o meio-campista Andrés Iniesta, que está sendo cotado como o principal candidato ao troféu de melhor jogador do mundo da temporada. "Se o vencedor for o Iniesta, que infelizmente não pôde jogar nos cinco primeiros meses da temporada, mas depois disto jogou seis jogos e fez um gol na África do Sul, então tudo pode acontecer no ano de Copa do Mundo e o resto, além da final, não conta para nada", atacou.

Além de Mourinho e de Del Bosque, o outro candidato a técnico do ano é justamente o treinador do Barcelona, Pep Guardiola. No lado dos jogadores, os três são do Barça. Além de Iniesta, o meio-campista espanhol Xavi e o atacante argentino Lionel Messi, atual detentor do troféu.

Leia tudo sobre: MourinhoReal MadridFifa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG