Tamanho do texto

Técnico deve dar folga a um dos atacantes. Higuaín, Mesut Özil ou Ángel Di María pode sair do time

O Real Madrid trabalhou com as portas fechadas nesta segunda-feira em seu centro de treinamentos, na véspera de ir a Milão para enfrentar o Milan pela quarta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

A boa situação do Real Madrid, líder de sua chave e a um passo das oitavas de final do torneio, está fazendo com que Mourinho pense na possibilidade de realizar uma ou duas mudanças no ataque.

Uma semana com duas partidas, diante do Milan e do Atlético de Madri, faz o técnico cogite dar descanso a algum atacante. Cristiano Ronaldo não deve ser o escolhido, já que está em ótima fase. Só no mês de outubro, o camisa sete do Real marcou onze gols.

O treinador português deve dar folga para Gonzalo Higuaín, Mesut Özil ou Ángel Di María. Karim Benzema e Pedro León têm boas possibilidades de compor a equipe titular.

Mourinho só deve divulgar amanhã os convocados para o confronto. O meia francês Lass Diarra treinou com o restante do time e pode voltar a ser relacionado.