Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Mourinho pede e Jorge Valdano não é mais diretor do Real Madrid

Após constantes desentendimentos entre o técnico e o dirigente, presidente do time optou pelo português

iG São Paulo |

undefined
José Mourinho (esq.) e Jorge Valdano tentaram disfarçar, mas criaram polêmicas no Real
Jorge Valdano não é mais o diretor geral do Real Madrid. Ele foi destituído do cargo nesta quarta-feira. A notícia é uma vitória para o técnico José Mourinho, que tinha pedido isso para Florentino Pérez, presidente do time espanhol, após uma série de desavenças com o argentino.

Os desentendimentos entre Valdano e Mourinho não começaram no Real Madrid. Quando o português era técnico do Chelsea, ele foi duramente criticado pelo argentino, que era colunista. Depois disso, ao se reencontrarem no time espanhol, eles tentaram disfarçar o clima ruim, mas logo criaram novas polêmicas.

A maior delas aconteceu quando José Mourinho passou a pedir um centroavante para a diretoria do Real. A contratação demorou a acontecer e o português fez diversas reclamações públicas até que Valdano resolveu ironizar a situação, dizendo que o time tinha Benzema para a posição. Foi o bastante para irritar Mourinho definitivamente.

Além dessa polêmica, que aconteceu no meio do ano, houve outra, mais recente, envolvendo o porta-voz do Real Madrid. Tudo isso levou Florentino a fazer uma reunião e decidir pela saída de Valdano, que estava no cargo desde junho de 2009, quando o presidente foi eleito.

Segundo o site português "O Jogo", o mais cotado para assumir o cargo de Jorge Valdano é o português Luis Figo. É esperada, ainda para esta quarta-feira, uma entrevista coletiva para esclarecer melhor a situação no Real Madrid. 

Milton Trajano
José Mourinho está tão poderoso que em breve deve prestar consultoria a alguns brasileiros

Leia tudo sobre: futebol mundialespanhareal madridjosé mourinho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG