Atletas e comissão técnica do Barcelona e do Real Madrid brigaram durante a decisão da Supercopa da Espanha

Após a briga entre os atletas do Barcelona e do Real Madrid durante a decisão da Supercopa da Espanha, onde José Mourinho enfiou um dedo no olho de um membro da comissão técnica catalã , o treinador do time merengue teria se mostrado arrependido pelo incidente, em entrevista ao Marca . Ainda na confusão, o comandante tentou pisar na cabeça de Cesc Fábregas .

De acordo com a publicação, Mourinho comentou seu arrependimento a respeito da confusão somente com seus familiares e amigos mais íntimos. As provocações do rival catalão durante a decisão, vencida pelos rivais por 3 a 1 , teriam motivado as atitudes do técnico português.

No dia seguinte ao jogo, mais calmo, Mourinho se deu conta de seus atos e seu comportamento inadequado e de que deveria controlar suas emoções no duelo. Além disso, sabe que se equivocou durante a coletiva de imprensa, onde ainda menosprezou o auxiliar técnico agredido por ele.

Ainda segundo o Marca , o técnico do Real Madrid deixou claro que sabe da responsabilidade de ser técnico do time espanhol e também admitiu que agora é tarde para pedir desculpas pela agressão. Por fim, teria dito que caso ocorresse outra situação parecida, agiria de uma forma diferente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.