Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Mourinho critica arbitragem e sentencia: "Já estamos eliminados"

Técnico foi expulso e viu o mesmo acontecer com Pepe, além da suspensão de Ramos para o jogo em Barcelona

Gazeta |

Após perder para o Barcelona por 2 a 0 no estádio Santiago Bernabéu, pelas semifinais da Liga dos Campeões da Europa, o técnico José Mourinho jogou a toalha. Expulso durante a partida, o português diz acreditar que o Real Madrid não tem possibilidades de reverter a vantagem no jogo de volta, na próxima terça-feira, no Camp Nou.

"Sim, já estamos eliminados. Temos que ir a Barcelona com nosso orgulho, mas sem Pepe (expulso), que não fez nada, sem Sergio Ramos (suspensão automática por excesso de cartões amarelos), que não fez nada, e sem o treinador, que não poderá estar no banco", argumentou.

Getty Images
Proibido de permanecer no banco de reservas, técnico acompanha jogo da arquibancada

A atuação do árbitro alemão Wolfgang Stark, eleito pelos jogadores do Campeonato Alemão o pior do país, segundo levantamento da revista Kicker, foi bastante criticada por Mourinho.

"Às vezes fico aborrecido de viver neste mundo, mas é o nosso mundo. Estamos falando de uma equipe fantástica, como é o Barcelona, mas não entendo como isso acontece em uma partida como essa, equilibrada. Os árbitros existem para assegurar a igualdade. Depois, que ganhe o melhor", disparou.

Ironia e "escândalos"
As reclamações do técnico do Real chegaram até o patrocinador do Barça. "Percebi que não tem como vencer o Barcelona. A Uefa não deixa nenhum dos outros times jogar contra eles. Não sei por quê. Deve ser pela publicidade da Unicef, ou porque são muito simpáticos", ironizou.

Sobraram críticas até ao técnico dos rivais, Josep Guardiola. "Ganhei duas Ligas dos Campeões com times que não eram o Barcelona. Com o Porto, em um país que nunca vence, e com a Inter de Milão, que não vencia há 50 anos. Ganhamos com trabalho, orgulho, esforço e suor", continuou.

"Josep Guardiola é um treinador fantástico, mas ganhou uma Liga dos Campeões (2009) com o escândalo de Stamford Bridge (semifinal contra o Chelsea) e agora, se ganhar, será com o escândalo do Santiago Bernabéu. Ele merece vencer dentro da normalidade, sem incidentes por trás, porque nunca me faltou com o respeito", concluiu.

Veja imagens do superclássico espanhol desta quarta:

Leia tudo sobre: Real MadridBarcelonaMourinhoespanhafutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG