No último dia 3, o meia brasileiro entrou em uma nova fase da recuperação da cirurgia, realizada em 5 de agosto, começando a correr continuamente no centro de treinamento do Real

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882537520&_c_=MiGComponente_C

O retorno do meia Kaká aos treinamentos do Real Madrid e aos jogos oficiais acontecerá em janeiro, pelo menos segundo a previsão feita neste sábado pelo técnico da equipe, José Mourinho, que vem acompanhando com atenção os passos do brasileiro na recuperação de uma cirurgia no joelho esquerdo.

"Kaká voltará em janeiro. É uma satisfação para todos. O departamento médico está fazendo um bom trabalho, assim como o (preparador físico) Carlos Lalín, que está trabalhando com ele. Fora que é espetacular a motivação de Kaká. Estamos aguardando, espero tê-lo com toda a equipe quando voltarmos do Natal", afirmou o treinador.

O técnico português disse ainda que a volta de Kaká não resolverá os problemas que ele vem tendo no ataque, setor no qual conta apenas com o francês Karim Benzema, à espera da volta do argentino Gonzalo Higuaín, que tem uma hérnia de disco. "Nem Cristiano, nem Di María nem Kaká são atacantes de referência".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.