Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Morumbi deixa de ser trunfo são-paulino no Campeonato Brasleiro

Equipe paulista é a 14ª colocada quando considerados apenas os jogos como mandante. Em contrapartida, é a melhor visitante

Mário André Monteiro, iG São Paulo |

Vipcomm
São Paulo perdeu outra partida em casa no Brasileirão, dessa vez para o Fluminense
Já são dez jogos em casa pelo Campeonato Brasileiro . Desses, seis foram sob o comando de Adilson Batista, que chegou após a demissão de Paulo César Carpegiani. E o São Paulo não tem muito o que celebrar sobre a campanha no estádio do Morumbi, uma vez que a equipe já perdeu três vezes em seus domínios, empatou outras três e venceu quatro. Com Adilson, foi apenas um triunfo, contra o Bahia.

Siga o iG São Paulo no Twitter

Mesmo com os tropeços em casa, o comandante tricolor prefere atuar diante da sua torcida, mas para isso sabe que o time precisa colaborar dentro de campo. "Temos que tirar proveito de ter um estádio, ter um campo, o torcedor, o apoio, a pressão em cima do adversário. E estamos cometendo alguns erros, algumas ingenuidades, desatenções. Temos errado sim. Vamos tentar diminuir esses erros no próximo", avisou Adilson Batista.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

Na derrota por 2 a 1 contra o Fluminense , na noite de quarta-feira, o treinador ouviu o coro de "burro" vindo das arquibancadas, fato que Adilson fez questão de relevar. "As cobranças são normais no futebol, a gente respeita o torcedor e entende", contou.

Se a campanha como mandante não anima - o time é apenas o 14º colocado contando apenas os jogos em casa -, o retrospecto como visitante serve de consolo e como forma de balancear as decepções em casa. O São Paulo já venceu seis das dez partidas longe do seu estádio, performance que coloca a equipe paulista na primeira colocação quando o assunto é jogar no campo do adversário.

Seja no Morumbi ou longe dele, Adilson Batista admite que vem sendo prejudicado pelo excesso de lesões e suspensões no São Paulo. O fato de não poder escalar sempre a mesma equipe em jogos subsequentes incomoda o treinador. "É só analisar a repetição do time. Não tem. E isso acaba prejudicando o coletivo. A gente vem tendo algumas dificuldades na manutenção da equipe", finalizou.

A chance de recuperação dentro do Campeonato Brasileiro já é no próximo sábado, contra o Figueirense, em Santa Catarina. No primeiro turno, o São Paulo venceu com gol de Lucas aos 47 minutos do segundo tempo. O meia, porém, não poderá atuar no fim de semana porque estará com a seleção brasileira. Assim como Piris, que está servindo o Paraguai. Jean, Juan e Wellington, suspensos, também não jogam.

Leia tudo sobre: São PauloBrasileirão 2011Morumbi

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG