Tamanho do texto

Apontado como o maior ponta direita do clube baiano, jogador faleceu na madrugada deste domingo

selo

Divulgação/ Site Oficial do E.C. Bahia
Marito será enterrado às 15h30, no Cemitério Jardim da Saudade
A diretoria do Bahia comunicou, na manhã deste domingo, a morte de Mário da Nova Bahia, o Marito, ponta-direita do time que, em 1959, conquistou a primeira edição da Taça Brasil, batendo o Santos de Pelé. Além do Tricolor de Aço, Marito jogou no Cristovão-BA e Ypiranga-BA.

De acordo com a nota oficial, Marito, chamado pelos torcedores de "diabo loiro" e apontado como "o maior ponta direita" da história do clube, morreu na madrugada deste domingo, em Salvador, aos 79 anos.

"O presidente Marcelo Guimarães Filho e a diretoria lamentam profundamente o passamento deste herói tricolor e prestam os mais sinceros votos de solidariedade aos amigos e familiares", diz o texto do comunicado. O corpo de Marito será enterrado às 15h30, no Cemitério Jardim da Saudade, na capital baiana.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.